Terça, 30 Junho 2020 04:33

    Atendimento humanizado para Indígenas com covid 19

    Escrito por
    Avalie este item
    (0 votos)
    Atendimento humanizado para Indígenas com covid 19 Secom

    Governador Antonio Denarium destaca atenção para com indígenas

    No Hospital de Campanha, montado em área do Estádio Canarinho, há enfermarias especialmente desenvolvidas para acomodar indígenas. A ideia de leitos-rede busca respeitar cultura e tradição de índios.

    Ao apresentar os redários, o governador Antonio Denarium enfatizou que “indígenas com COVID-19 que forem internados no Hospital de Campanha poderão optar por ficar nessas enfermarias, para sua melhor comodidade”, ressaltou.

    Ao todo, o Hospital de Campanha oferece 80 suportes com redes. Denarium destacou o esforço para colocar um atendimento de médicos especializados com a ajuda de tradutores, que prestarão apoio técnico aos pacientes indígenas quando for necessário. “Esse é um trabalho que já realizamos em nossas unidades de saúde de referência do Estado e que apresenta resultados positivos, devido à dedicação de uma equipe capacitada e especializada”, complementou o governador. O coordenador da Operação Acolhida, general Antônio Barros, disse que a implantação de atendimento especializado aos indígenas, com utilização de redes, faz parte de um esforço conjunto importante, porque pode contribuir diretamente na recuperação desses pacientes.

    Denarium frisou ainda que o trabalho de articulação com o Dsei [Distrito Sanitário Especial Indígena] e Funai [Fundação Nacional do índio] foi fundamental para a execução do método de atendimentos especializado. “Procuramos entender o processo de atendimento que é dado aos indígenas. O índio poderá utilizar a rede por opção, conforme a sua necessidade do momento”, explicou.

    Atendimento humanizado
    No Hospital Materno-Infantil Nossa Senhora de Nazareth, gestantes indígenas contam com enfermarias equipadas com leitos e armadores de redes instalados. O dispositivo de humanização é uma forma de possibilitar conforto e familiarização, pois é dessa forma que os povos indígenas costumam dormir.

    No Hospital Geral de Roraima Rubens de Souza Bento, o setor da Saúde indígena foi implantado em 2001. O serviço conta com a parceria da Casai, que disponibiliza mão de obra pra ajudar nos atendimentos. A equipe é composta por antropólogo e gerente do serviço, técnicos de enfermagem, assistente administrativo e intérpretes de língua Indígena.

    Os índios têm direito a alimentação diferenciada quando não querem comer a mesma refeição destinada aos outros pacientes. Nas internações, se desejarem a presença de pajés, curandeiros, padres, pastores, terão acesso a esse serviço. O setor de saúde indígena também conta com um projeto de “quartos humanizados”, que são os quartos

    Lido 298 vezes
    Redação

    Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
    © 2015 Your Company. All Rights Reserved. Designed By JoomShaper

    Please publish modules in offcanvas position.