Padre não, mãe...

    Escrito por
    Avalie este item
    (0 votos)

    Muito católica, dona Neuza queria que um de seus filhos fosse sacerdote. Para influenciá-lo, até deu o nome de Anchieta a seu menino mais velho. Um dia, depois da novena, entre as comadres, resolveu mostrar que o pirralho, sete aninhos, estava encaminhado para as coisas da fé; com o menino no colo, arriscou:
    - Anchietinha vai ser padre, né?
    O menino, rapidamente, fugiu da proposta:
    - Padre não, mãe: padre é capado e veste roupa de mulher.

    Lido 702 vezes Última modificação em Sexta, 18 Janeiro 2019 22:48
    Aroldo Pinheiro

    Aroldo Pinheiro,  roraimense, comerciante, jornalista formado pela Universidade Federal de Roraima. Três livros publicados: "30 CONTOS DIVERSOS - Causos de nossa gente" (2003), "A MOSCA - Romance de vida e de morte" (2004) e "20 CONTOS INVERSOS E DOIS DEDOS DE PROSA - Causos de nossa gente".

    Mais nesta categoria: « Nem suja... Anjo mijão »
    © 2015 Your Company. All Rights Reserved. Designed By JoomShaper

    Please publish modules in offcanvas position.