Imprimir esta página
Domingo, 14 Julho 2019 17:12

Merenda escolar azedou

Escrito por
Avalie este item
(0 votos)
Até o cachorrinho assustou-se com a presença dos homens Até o cachorrinho assustou-se com a presença dos homens Divulgação/Polícia Federal

Para pelo menos quatro pessoas de uma mesma família, o 4 de julho trouxe amargo amanhecer.

Cumprindo segunda fase da Operação Tântalo, a Polícia Federal prendeu três homens e uma mulher - Hélio Cavalcante, Helton Cavalcante, Érica Sandra Cavalcante e Pedro Cavalcante Pinheiro - suspeitos de participarem de esquema que desviou cerca de R$ 9 milhões da merenda escolar do Estado.

Além dos mandados de prisão, a PF cumpria nove ordens de busca e apreensão. Oito automóveis considerados de luxo e um caminhão foram apreendidos na ação.

Quebra de sigilos bancário e fiscal dos envolvidos, além do sequestro de bens e bloqueio de valores em até R$ 5 milhões foram determinados pela 4ª Vara da Justiça Federal em Roraima.

Em dezembro de 2018, ainda na primeira fase da operação, Shiská Palamitshchece Pereira, ex-adjunto da Secretaria Extraordinária de Gabinete Institucional (Segabi) de Roraima, e outras três pessoas foram presas.

Modus Operandi

A Polícia Federal informa que, ao longo de dois anos, mais de R$ 7 milhões foram desviados do erário estadual. Como método, a empresa contratada para fornecimento de merenda escolar fazia entrega parcial de produtos faturados ou substituía o material contratado por outro mais barato, de qualidade inferior, garantindo, mesmo assim, o atesto de recebimento integral dado por servidores que faziam parte do esquema.
Mesmo se sabendo investigados, os infratores tentavam celebrar novos contratos com o Governo de Roraima por meio da participação em processos licitatórios. Procurado, o Governo do Estado declarou que os desvios ocorreram na gestão passada e não têm nenhuma ligação com a atual.

Lido 529 vezes
Redação

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Mais recentes de Redação