Quinta, 26 Março 2020 02:23

    Flamarion condenado a mais de 9 anos

    Escrito por
    Avalie este item
    (0 votos)
    Flamarion condenado a mais de 9 anos YopuTube

    Gafanhotagem condena mais um

    Em despacho do dia 19, o juiz do Tribunal Regional Federal da 1ª  Região, Helder Girão Barreto, condenou Francisco Flamarion Portela, ex-governador do Estado, a 9 anos, 9 meses e 10 dias de prisão.

    Casado com a ex-senadora pelo Partido dos Trabalhadores, Ângela Portela, cearense de Coreaú, Flamarion percorreu brilhante carreira política. Foi vereador por Boa Vista, Deputado Estadual por Roraima, vice-governador e, finalmente, governador.

    Eleito em 2002, Flamarion teve seu mandato cassado em 2004, cedendo a vaga para Ottomar de Sousa Pinto, seu oponente.

    O período de Flamarion no Palácio Senador Hélio Campos foi marcado por denúncias de corrupção. Com investigações na Operação Praga do Egito, desenvolvida pela Polícia Federal, constatou-se que cerca de 30 autoridades estaduais dos poderes Legislativo e Executivo e do Tribunal de Contas do Estado se beneficiaram do Esquema dos Gafanhotos em que, por meio de procurações eram recebidos os pagamentos de 6 mil  servidores fantasmas e os valores eram repassados a autoridades.

    Cabe recurso à condenação.

    Lido 491 vezes
    Aroldo Pinheiro

    Aroldo Pinheiro,  roraimense, comerciante, jornalista formado pela Universidade Federal de Roraima. Três livros publicados: "30 CONTOS DIVERSOS - Causos de nossa gente" (2003), "A MOSCA - Romance de vida e de morte" (2004) e "20 CONTOS INVERSOS E DOIS DEDOS DE PROSA - Causos de nossa gente".

    Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

    Itens relacionados (por tag)

    © 2015 Your Company. All Rights Reserved. Designed By JoomShaper

    Please publish modules in offcanvas position.