Domingo, 14 Janeiro 2018 15:28

    Domingão: o Mata-sete de Roraima

    Escrito por
    Avalie este item
    (0 votos)
    Domingão: o Mata-sete de Roraima Divulgação

    No dia 5, agentes da Delegacia Geral de Homicídios cumpriram mandado de prisão contra Domingos Brito Filho, vulgo Domingão, suspeito de matar três pessoas e jogar os corpos dentro de uma cisterna em fazenda na zona rural de Boa Vista.

    A princípio, Domingão estava sendo ouvido sobre os restos mortais localizados em sua propriedade, quando foi expedido o mandado.  Domingão está condenado a 76 anos de prisão, pela morte de quatro pessoas, em caso que ficou conhecido como a Chacina do Pintolândia, em 1996, mas estava, há sete, no sistema semi-aberto.

    O acusado deverá ficar preso provisoriamente por 30 dias. A polícia suspeita que os orpos na cisterna sejam de dois rapazes de 17 anos e de um idoso, todos desaparecidos.

    Lido 543 vezes
    Aroldo Pinheiro

    Aroldo Pinheiro,  roraimense, comerciante, jornalista formado pela Universidade Federal de Roraima. Três livros publicados: "30 CONTOS DIVERSOS - Causos de nossa gente" (2003), "A MOSCA - Romance de vida e de morte" (2004) e "20 CONTOS INVERSOS E DOIS DEDOS DE PROSA - Causos de nossa gente".

    Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
    Mais nesta categoria: « Anciã se apaixona por estuprador
    Jornal
    © 2015 Your Company. All Rights Reserved. Designed By JoomShaper

    Please publish modules in offcanvas position.