Crônica do Moroni

    Aprendendo com bananas

    Vou completar 50 anos de idade. Há pouco menos tempo disso, comendo bananas. Desde muito pequeno, sou comedor de bananas. Uma das primeiras compras que fiz foram bananas. Não saio de supermercado sem trazer uma quantidade desse fruto. 

    Já comprei bananas por unidade, por penca, por dúzia. Agora, por quilo. A penca de bananas é um nome há muito conhecido por mim: TUDO IGUAL , COMO NUMA PENCA DE BANANAS! Sinônimo de barato: A PREÇO DE BANANA! 

    Há algum tempo, fui comprar bananas em um comércio perto de casa. Algumas estavam penduradas na porta. O vendedor perguntou quantas palmas eu queria. Mas disse que também vendia o cacho. Não entendi a conversa, por incrível que pareça. Pedi meio quilo. O comerciante disse que não tinha balança: só vendia por palma e por cacho.

    Senti que ele falava algo óbvio, mas eu desconhecia o real significado. Humildade sempre é bom... Pedi-lhe para me explicar o que são exatamente CACHO e PALMA. Sua expressão foi de espanto, tipo eu estar brincando com tal pergunta. Para ele podia ser óbvio; para mim, não. O quitandeiro foi profissional - e paciente – na explicação. 

    A palma é aquilo que eu chamo penca, parte do cacho, ou sub-cacho.. Já o cacho é aquela parte que sai do caule da bananeira. Completo, contém umas cinco palmas. O cacho tinha um preço maior que a palma, claro. Utilizando vários cachos de bananas ali pendurados, ele usou um 'método' audiovisual de ensino. 

    Falou-me ainda que aquelas bananas não eram do sul de Roraima, produzidas para abastecer Manaus. Suas bananas são de Boa Vista mesmo. E, como a procura é grande, há muitos sítios com 80, 100 bananeiras para renda extra. Esclareceu que comprava bananas numa feira que, por sua vez, é abastecida por atravessadores – que negociam com os produtores. Tive meu segundo nascimento!

    Eu já vi muitos pés de banana, mas não imaginava como as frutas saem de lá para venda. Já encostei a mão em cachos, mas sem prestar atenção. Achava que ficava um monte de bananas penduradas. Pedi três palmas, e fui-me embora. Fiquei satisfeito: as bananas estavam ótimas! Descobri nova opção de comprar e conheci uma pessoa legal.

    Mas o animador nestas situações é o choque nas minhas verdades absolutas. Ver que nunca concluímos tudo sobre algo. Sempre surge uma nova imagem, no quadro que julgamos pronto. Vivendo, aprendendo e me desembananando.

    Juiz ladrão
    O tenente e as medalhas

    Colunistas

    Menina de rua
    9 posts
    Biografia
    Érico Veríssimo
    15 posts
    Em construção
    Tia Lyka
    59 posts
    Tya Lika
    Eliane Rocha
    0 post
    Eliane Rocha
    Ulisses Moroni
    21 posts
    Ulisses Moroni Júnior é promotor de justiça no ...
    Dad Squarisi
    1 post
    Dad ainda não definiu sua briografia
    Aroldo Pinheiro
    62 posts
    Aroldo Pinheiro,  roraimense, comerciante, jorn...
    Jaider Esbell
    5 posts
    Jaider Esbell veio da terra indígena Raposa Ser...
    Márcio Cotrim
    3 posts
    Márcio Cotrim ainda não definiu sua biografia
    Plinio Vicente
    35 posts
    Nascido há 71 anos em Nova Europa, região de Ar...
    © 2015 Your Company. All Rights Reserved. Designed By JoomShaper

    Please publish modules in offcanvas position.