Quando pôs os pés na aldeia sentiu o ambiente um tanto ababelado. Os anciãos não se entendiam, os mais jovens se ameaçavam e as acusações cruzavam o ar como flechas envenenadas. Apaziguou os ânimos e quis saber os motivos de tamanha balbúrdia.

Trouxeram-lhe o prisioneiro, acusado de roubar uma cunhã-pucá, a quem os parentes da moça queriam morto.  Mas havia um porém: a jovem ainda estava desaparecida. Convenceu o rapaz a lhe revelar o paradeiro da raptada e mandou buscá-la. Ela chegou sorrindo, felicidade nos lábios e flores no cabelo. Tudo mudou quando confessou que não fora roubada e que fugira, apaixonada que estava pelo jovem da outra aldeia. E então a quase tragédia acabou em festa. Ababelado (Part. de ababelar) - Adjetivo - 1. Desordenado, confuso, babélico.