O amor pisando em brasas

Quinzinho, roceiro aquietado, tinha uma fraqueza. Ritinha acendia nele a chama da paixão. Certa noite, quadra de São João, a encontrou na festa da fazenda. Graciosa, bonita, conseguia despertar em sua alma quase uma obsessão. Lá pelas tantas, fogueira queimada,

braseiro esparramado, eis que a vê dançando com outros. Tomado por um sentimento ebulitivo, resolveu disputá-la com o rival. O desafiou a andar descalço sobre as brasas. Tirou cara e coroa para ver quem ia primeiro e deu ele. Na manhã seguinte Ritinha foi visitá-lo no hospital e quis saber a razão de tamanha besteira. Contou-lhe dos seus sentimentos e ela, sorriso nos lábios, mudou a sua vida: “Não precisava disso, eu também te amo”. Ebulitivo - [De ebulir + -tivo.] - Adjetivo - 1.Ebuliente, fervente; 2.Fig. Exaltado,agitado.

A santa que venceu a morte
Morte feliz nos braços da sereia
Top