Tia Lyka

Sexo e futebol

Alô, torcedores croatas!
Pois é. Grande parte dos brasileiros decidiu torcer pela Croácia. Por que será? O que sei é que aqueles meninos estão jogando um bolão. Os branquelos têm mais determinação do que técnica ou tática. O jogo de quarta-feira foi, talvez, o melhor da Copa na Rússia. A partida de domingo, entre Croácia e França, promete. Eu nem entendo muito de futebol, mas sou torcedora croata desde quando eu ainda tinha cabaço. E faz tempo...
Apesar de tanta literatura a respeito, ainda há quem tenha lá suas dúvidas. Vamos ao e-mail de Erineia Costa, professora, 43 anos.
Tia Lyka,
Não sou virgem e tenho até bastante experiência com sexo. Passei um tempo sem transar e, agora, estou interessado num gaúcho que está me cercando. Já demos uns pegas, mas não sinto nada volumoso entre as pernas dele. Estou com medo de encará-lo e me decepcionar. Qual o tamanho ideal de pênis?

Erineia,
Não existe um tamanho ideal para pênis. Existem pintos minúsculos, pintos aceitáveis e pintos não encaráveis. Tudo depende da maneira que o casal utiliza esse pedaço de nervo (ou será de carne?). Minha madrinha, que, por sinal, tem um bucetão, afirma que tamanho de rola é coisa secundária. Diz que mais vale um pequeno brincalhão do que um grande bobalhão. Eu, há pouco tempo me envolvi com um três-pernas colombiano, cujas recordações me fazem brotar lágrimas nos olhos. Não de saudade, mas de sofrimento. Assim, amiga, cada caso é um caso; cada manjuba é uma manjuba. Conselho? Faça um test-drive com o paquera; se não rolar prazer, parta pra outro.
Divirta-se. E goze bastante.
Fui!!!
Desculpe-me, Erneia, conversaremos sobre o assunto na próxima edição. Já são quase dez horas, a Seleção de Tite está entrando em campo e eu, como boa brasileira, também vou tocer pelos nossos meninos.
Fui!!!


Continuar lendo
19 Acessos
Tia Lyka

Falta de rola

Oi, gentem 

Não recebi nenhuma carta na semana passada. Acho que, com esse friozinho gostoso, a moçada está aproveitando pra furunfar debaixo das colchas de chenile. Mas, de repente, abro minha caixa de entrada e encontro e-mail de Annalucya Bezerra, 34 anos, terceirizada na limpeza do HGR.

Tia Lyka,

Parece que eu vim ao mundo pra sofrer. No último Natal, arrumei um caboco ajeitadinho. O macuá é acadêmico de Comunicação, tem 23 anos e, até pouco tempo, era puro amor e tesão. De janeiro pra cá, ele tem inventado umas desculpas meio esquisitas na hora em que eu quero transar. Até dor de cabeça, que é coisa de mulher fujona, ele tem arranjado. O que eu faço para trazer meu caboquinho de volta pro bem bom?

Annalucya,

Tua situação é complicada. Primeiro, eu diria que esse negócio de muita letra dobrada e inclusão de psilone no nome dá azar, mas não quero arranjar problema entre você e seus pais, que lhe batizaram com essa aberração. Segundo, eu pensaria na porra desse emprego que você arrumou: será que os constantes atrasos de repasses do Governo do Estado e consequente atraso de salários não estão afugentando teu picante? Existe, ainda, a possibilidade do caboquinho estar caçando periquita em poleiro alheio.

Se a terceira opção for a mais apropriada, meu conselho é que você vá à luta, se arrume bem arrumada e dê um rolê pela cidade em busca de outra pica operante. Não esquente a cabeça. Apesar de homem (com agá maiúsculo e que goste de mulher) estar meio em falta, pode ser que você encontre sua metade da laranja pelos points da city. Nada de procurar a Terapia do Amor da igreja desses crentes, pois você corre sério risco de ficar mais lisa do que já é.

Boa sorte,

Fui!!! 

Continuar lendo
95 Acessos
Tia Lyka

Impingem de bunda

Oi, gentem,

Não sei onde minha cabeça estava no dia em que me envolvi com o colombiano. Foram três meses de vida perdidos. Graças a Deus e à ajuda de alguns novos amigos, consegui fugir do inferno em que me encontrava e voltar para minha Boa Vista querida. 

Quando eu penso que meu sofrimento se acabou e que os caminhos para a paz estão abertos, acordo às três da manhã e dou com o peste à minha porta. Bêbado, o animal misturava promessas de amor com ameaças. Tive que chamar a polícia, mas os PMs, sem nem querer saber direito do que se tratava, disseram que não podiam fazer nada contra refugiados venezuelanos, "a não ser que estejam em flagrante delito". 

Me encaralhei. Ali, na frente dos homens da lei, esperneei, gritei, acordei a vizinhança e só voltei à minha tranquilidade depois que o Três-pernas sumiu prum boteco. 

Juro que estou com medo e vou me mudar para a casa de amiga no bairro Nova Cidade. 

Para mostrar a Ramón que não tenho mais nenhum interesse nele, abri o jogo e menti. Disse-lhe sobre as preferências sexuais da mãe dele e, para provocá-lo, disse-lhe que só voltaria para a Venezuela se fosse para viver com Mercedes – minha ex-quase-sogra. 

O cara saiu daqui fumaçando e bufando. Tomara que minha atitude tenha afastado de vez esse impingem de bunda. 

Queridas e queridos, desculpem-me por usar esse espaço para desabafar sobre assunto que não lhes diz respeito. Quero dizer aos meus leitores que estou de volta ao baronato, pronta para tirar dúvidas e aconselhar sobre coisas do sexo. Entrem em contato.

Beijos,

Fui!

Continuar lendo
92 Acessos
Tia Lyka

Com cuspe e jeito...

Aquela senhora simpática que vende empadas deliciosas pelas ruas da cidade interpelou o Barão na Ville Roy e disse: "Tenho uma consulta para o Roraima Agora. É o seguinte: amiga minha gosta de coroas. Essa garotada só quer saber de montar e ela não se satisfaz só com um cavaleiro: ela quer um cavalgador que seja cavalheiro. O problema é que homens acima de 70 têm problema para levantar o rebenque; o que ela pode fazer para se satisfazer?"

Complicado, amiga. Mas vamos tentar ajudar. Aprendemos que tudo o que sobe desce. Ninguém consegue ir contra as leis da natureza. Pense positivo. Pense em qualidade, não em quantidade. Ao conseguir um cavalheiro dentro da faixa etária que lhe dá tesão, descubra, devagar, com calma, elegância e disciplina, a maneira de despertar o gigante que o velhinho tem adormecido entre as pernas. Você vai descobrir que o que demora pra subir leva algum tempo pra cair. 

Depois de deixar a espada de seu salvador no ponto, percam-se em carinhos antes de partir para as vias de fato. Vale tudo. Lambidas são imprescindíveis: todo homem gosta de ser feito de picolé. Invente sem deixar que seu idoso pense que você é avançadinha "e só falta começar a fumar". 

Tratando seu velhinho com jeito, você vai descobrir que eles sabem fazer coisas que essa garotada só vai aprender quando chegar à idade deles. 

Ah! Quando arranjar um velhinho pra você, veja se ele tem um amigo, na mesma faixa etária, disponível: eu também me amarro em coroas (e, se vier com a carteira recheada de garoupas, melhor).

Fui!!!

Continuar lendo
116 Acessos
Tia Lyka

Brigar com o destino pra quê?

Oi, gentem,

Olha eu aqui outra vez. Notícias da Terra de Maduro.

Outro dia, acordei assustada. A meu lado, a megera, mãe de Ramon, se masturbava olhando para meu corpo nu, descoberto. A velha também se assustou. Disse que está apaixonada por mim. Disse que se senti u atraída desde que me viu pela primeira vez. Sente vergonha de mim e medo do fi lho. Pediu-me para ajudá-la a ficar atraente como eu.

Ok. Cortei e pintei os cabelos da velha, raspei-lhe os pelos do sovaco, derrubei a floresta atlântica que ela cultivava no baixo-leblon e tosei os pelos que cobriam as varizes das pernas secas. A velha tá até apresentável.

Agora, tenho que me dividir entre os afazeres da casa, as esfurubicadas de Ramon, as rapidinhas do japonês e o assédio da bruxa, que sempre passa roçando em meu corpo. De vez em quando, a gente dá uns amassos.

Não me sinto ruim com esta situação, pois, tendo a megera como aliada, será mais fácil arranjar uma maneira de fugir desse inferno.
Na semana passada, de Tumeremo, trouxe umas canelas de boi e fiz um cozidão. Garimpeiros de outras grotas experimentaram e pagaram pela comida. É mais um trocadinho para a minha fuga. Já agendaram: aos sábados, vou servir cozido para uns 20 homens.

Mariano, um cearense, ficou de me arranjar duas meninas para me ajudarem com a cozinha. Sei que, com isso, ele tá querendo arranjar um trocado vendendo os corpos dessas mulheres para miseráveis como ele. Num tou nem aí. Acertei que, se der certo, quero um percentual do que elas faturarem.

É isso. Enquanto me capitalizo para ir embora, exploro restaurante safado e, logo, um puteirinho improvisado no meio da mata. Fazer o quê? Seguir os desígnios de Deus. Ou do Diabo.

Fui!

Continuar lendo
114 Acessos
Tia Lyka

Carta do Exílio

Tia Lyka, que foi colunista deste jornaleco,dando conselhos a quem buscava aconselhamento, fala sobre sua vida na Venezuela

Barão, querido,

Acostumada a ler e responder sobre dúvidas e sofrimentos de leitores do Roraima Agora, faço o caminho inverso para relatar sobre a fria em que me meti. Tomara que minha experiência sirva de exemplo para balzaquianas como eu e faça que mulheres evitem dar passos errados como eu dei.

Conheci Ramon em festa de confraternização no final de dezembro. Encantada com o charme e com a trolha que ele traz entre as pernas, larguei tudo para tentar vida nova aqui na Venezuela. O sonho acabou; hoje, junto um dinheirinho escondido, roubado desse colombiano bandido, para, na primeira oportunidade, voltar para minha terra.

Fui enganada. Eu, puta velha, fui passada pra trás e hoje estou comendo do pão que o diabo amassou. A casa que esse bandido me descreveu não existe. Moro em barraco de madeira coberto com palhas de inajá no meio do mato, longe de tudo e de todos. Água só de poço - que eu tiro - e fogão de lenha - que eu busco no mato. Para conversar, só a bruxa velha, mãe do homem que me trouxe pra esse inferno. Acho que dona Dolores se encarrega de me vigiar, pois a monga está sempre conferindo o que estou fazendo. Até pra cagar a megera me controla.

Durmo tarde e acordo cedo. Minha rotina é trabalho. Lavo, passo, cozinho, tomo conta de dois meninos catarrentos que Ramon tem de outros relacionamentos. E costuro. Não costuro pra fora como gostaria, estou costurando numa velha máquina Singer de pedal, produzindo calções e camisas que Ramon vende para uns miseráveis que vieram procurar riqueza nessa terra nojenta.

Pra comer, sardinha todo santo dia. Sardinha com massa de milho. Meu Deus, como tenho saudade de farinha! Às vezes, sonho comendo um feijão suculento com farinha d'água. Daquelas bem grossonas, tipo piçarra.

Outro sofrimento: eu, que gosto tanto de transar, estou sendo comida só quando Ramon tem vontade. Pior é que ele dispensa a carne dianteira e só se interessa pelo meu rabo. Com uma rola daquele tamanho, tem dias que eu não posso nem me sentar. Gozar? Faz tempo que eu não sei o que é isso.

Nesses dois meses em que estou aqui, nunca vi um xampu; fazer unhas, nem pensar. Sem me depilar, tenho vergonha de levantar os braços e ver os sovacos cabeludos. De tão grandes, dá pra fazer trança com os pentelhos da minha pequeca.

Chega de falar de sofrimentos. Quero dizer que, a qualquer hora, sem avisar, hei de voltar para nosso querido Brasil e perguntar se, quando voltar, ainda posso contar com minha vaga como consultora do Roraima Agora.

Amo vocês. Beijos no Neguinho e na Abelhinha de Cheetos.

Lyka 

Continuar lendo
197 Acessos
Tia Lyka

Peido brochante

Olá, ticos e ticas!

Um abraço nos hermanos, especialmente àqueles que ficam limpando vidros de carros nos semáforos. Todos queridos e eu sei que estou devendo um monte de moedinhas pra vocês, mas não tenho culpa se recebo on-line e não tenho cofrinho pras moedas. Qualquer hora dessas pego vocês para gente tomar um caldo de bodó, tá?!

Mas o papo aqui é de sacanagem, não de caridagem, portanto, gatinhos, vamos amolando a pica que tem papo na cuia. E hoje vamos falar de peido. Vixe, fedeu!

Tia Lyka,

Saí com um boymagia que conheci no Forró dos Velhos. O cinquentão era bem fogoso, trepamos a noite toda. Em dado momento, ele me pediu o 'anel de couro' e eu, chapada que estava, não neguei o roscofe. Só que o inesperado aconteceu. Quando o negão estava metendo a primeira, eu não aguentei a pressão e soltei um peido tão alto e forte que não teve tosse que disfarçasse o barulho. Resultado: o cara brochou na hora. Pior foi a catinga que ficou no quarto. Haja riscar fósforo pra acabar o fedor. E o bofe? Pense num homem que foi triste pra casa.

Conversando com uma amiga, ela me disse que, se você peidar no pau de um macho ele brocha e nunca mais levanta. Fiquei apavorada com essa informação. É verdade?

Josimária Antero S. Neto, 46 anos, balconista.

Querida Josi,

Tou aqui pensando na força desse peido pra derrubar um cacete. Deus me livre! Imagino você cagando. Seguinte, fofa: na literatura médica da tia Lyka não tem nenhum relato ou comprovação de que um peido no pau tenha causado brochamento irreversível. Como o seu caso é inédito aqui, sugiro que você mantenha contato com o boymagia, adiante que já tratou das tripas e nada de pôr cu no meio. Vá observando se a manjuba dele amolece durante a transa. Talvez, ele tenha brochado só pelo susto do trovão mesmo. De todo modo, você fica proibida de dar esse rabinho peidão pelos próximos 20 anos, tá?

Fui!

ble_zg`��, 

Continuar lendo
236 Acessos
Tia Lyka

Sexo e dor de cabeça

Olá, minha gente!

Ando recebendo muitas queixas dos homens sobre suas mulheres. Dizem que ultimamente a mulherada anda com muita dor de cabeça, isso quando não estão menstruadas a semana toda. Um deles me mandou mensagem pelo zap-zap em tom de desespero. Vejam aí:

Tia Lyka,

Sei que o assunto aqui é só sacanagem, mas o que tenho a dizer não deixa de ser uma puta sacanagem. Acho que minha mulher está dando pra outro. É que nos últimos três meses ela cortou o sexo, o máximo que eu consegui foi uma punheta de 45 segundos, isso porque era o dia do meu aniversário. A desculpa dela é a tal de "cefaléia". Basta eu pôr o pau pra fora, que ela já diz: "Tô com enxaqueca!" O que eu faço pra acabar com essa dor?

Alfredo M. P. Macedo, 48 anos, farmacêutico

Querido, Alfredo!

Se você que é farmacêutico não sabe, imagine eu que só sei mexer com piroca. Mas vamos lá, entendo seu desespero. E essa desculpa da dor de cabeça pra não fuder é antiga, é do tempo da minha avó.

O que você tem que avaliar é: ou tua mulher está com problema sério de saúde ou então tu fodes ruim pra caralho. Vamos pensar na primeira hipótese e, para ela, tem uma técnica boba, mas infalível. Prepara uma farmacinha em casa: dipirona, novalgina, dorflex, anador e todas as fórmulas existentes pra combater a tal da 'Lea'. Guarda tudo debaixo da cama, faz teu asseio normal, passa perfume no saco, se prepara pra dormir e nem fala em fuder. Quando ela tiver pegando no sono, você começa a encostar o bilau na zona de perigo. Ela, decerto, vai disparar com desculpa da dor de cabeça. Nessa hora, você já saca a cesta de remédios, manda ela escolher um e diz que em 10 minutos a dor vai embora. Se ela der um pulo, aí pode levar pro hospital que o caso é grave. Leva num postinho, pois se levar pro HGR ninguém garante que ela volte.

Se teu tesão estiver mesmo grande, incontrolável, dá uma fugidinha, passa no Caimbé e pega uma otchenta. Usa camisinha, pois se a rola não tiver contato com piriquita alheia, não caracteriza traição.

Fui!

<>�)�3
Continuar lendo
218 Acessos
Tia Lyka

Liberando o roscofe

Olá, queridinhos (as)!

Hoje, volta à pauta um assunto que "os pessoal" pedem pra eu falar aqui direto: o tal do sexo

anal, na bundinha, nos zoinho ou como queiram. Muitas já querem liberar o traseiro, mas reclamam que dói, que não podem comer feijão no dia, tem que fazer lavagem.

É, meninas! Tem que estar com o orifício limpinho; caso ocorra algum acidente, vocês não vão

querer passar vergonha, né? Mas não é tão dramático assim. Não existe essa de que, no dia

que for dar o anel de couro, tem que tomar só chá. Capaz! E para abordar o tema, trago a

história do pedreiro Antônio Magalhães P. Araújo, 28 anos:

Tia Lyka,

Há três anos venho pedindo o cuzinho da minha namorada. Ela sempre nega, diz que vai doer. Eu já disse que não, mas ela conta que todas as amigas delas disseram que dói muito, que dá hemorróida. Preciso da sua ajuda pra convencê-la de que não vai doer. O que faço?

Querido, Antônio!

Dizer que não dói é sacanagem. É quase como nascer com piroca e parir uma criança:Impossível! Não sei menti r. Inclusive já abordei esse assunto por aqui dando dicas de como

amenizar a dor. Como você está determinado, acho que o incômodo "dor" não vai serproblema. Conheço mulheres que choravam semanas quando tinham que sentar de bunda numa piroca, hoje elas não sabem fazer outra coisa. Tomara que a sua seja desse jeito.

O segredo pra não doer é comer um cu com sacanagem. Como? Deixar a mulher relaxada. Se é com cachaça, maconha ou narguilé, não importa. O cabra bom de cu nunca assusta a caça,entre um beijinho e outro vai aguando o rego, deixando tudo bem adubado e quando ela

estiver a ponto de gozar é só sussurrar no ouvidinho dela: - Deixa eu comer teu cu! Se levar coice, pelo menos vai saber que ela nunca gozou pra você.

Fui!

�i<��� 

Continuar lendo
241 Acessos
Tia Lyka

Sexo casual na medida certa

Oi, pessoal!

Hoje quero falar de sexo sem compromisso. Tipo esse que eu faço, só que o meu é remunerado, tá, queridinhos?! A Teresa Oliveira, 43 anos, relações públicas, quer saber:

Tia Lyka,

Depois que levei chifre do marido, resolvi liberar geral. Tenho vários parceiros, sexo pelo menos cinco vezes por semana, gozo garantido. Minha dúvida é: será que usar muito a ppk causa desgaste?

Querida, TT

Ppk é que nem carro novo: tem que usar pra amaciar. A máxima de "lavou tá nova, cabe perfeitamente às 'broinhas'". Claro que você precisa dar manutenção. Lavar com sabonete íntimo, fazer depilação, exercício todas as manhãs, exame preventivo, asseio... Tem que tratá-la como se fosse um bebê. Também há que ter cuidado com as pirocas que visitam essa caverna. Proteção é fundamental.

Outra questão é o tamanho. Apesar de mentirosos dizerem que têm 23cm de rola, a média

verdadeira é de 13cm. Convenhamos, 13cm não é grande coisa, mas como a cidade é de

imigrantes, tem uns pirocudos vindos de outras regiões e uns venecas que, dizem, são superdotados. Eu, por experiência, prefiro um pequeno brincalhão a um grande bobalhão.

Sugiro que você faça um lista de seus "ficantes" e enumere pelo tamanho, tipo: vou dar prum

roraimense hoje, ppk arrochadinha: asseio com pedra-ume, pompoarismo e, se for o caso,

ponha um enchimento pra ficar bem apertadinha; prum nordestino, pode relaxar, deixa a bicha de folga; se for um negão, melhor ainda.

Fique atenta. Tem roraimenses picudos e nordestinos anões. Não existe regra pra tamanho de

cacete.

No mais, é só gozar à vontade e usar a ppk quantas vezes quiser. Também pode variar e usar

a retaguarda, mas lá não tem medidor pra tamanho e grossura: a coragem e as pregas que

mandam.

Fui 

Continuar lendo
244 Acessos
Tia Lyka

Pimenta no sexo

Oi, gentêee!

Vieram me perguntar aqui no meu zap-zap uns truques pra apimentar a relação e deixar o homem com a piroca louca. Logo pra mim que adoro deixar os homens ba-ban-do. Pois bem! Achei o assunto ótimo e aproveito para trazer novidades do mundo erótico dando dicas de alguns "brinquedinhos" que a mulher (ou o homem) podem comprar e usar na hora do mete-mete.

Vou passar nomes de alguns instrumentos pra vocês comprarem (não vale pedir emprestado das "zamigas") e deixar a relação mais gostosa. Garanto que seu boy magia vai ficar sem vontade de sair de casa pra comer tartaruga. Anotem aí, suas malacabadas:

  1. BULLET – o nome é sugestivo e é pra colocar onde vocês estão pensando mesmo. Trata-se de um vibrador pra mulher passar no grelo durante o sexo. Parece uma mini piquinha por isso, bom explicar pro boy senão ele vai pensar que você vai enfiar nele ou então vai querer usar onde não deve.
  2. ENGA EGG – esse de nome esquisito é um masturbador de silicone em formato de ovo. Como funciona? Ajuda as mocinhas que não sabem bater punheta.
  3. ANEL PENIANO – é uma delícia e eu tenho vários. Você coloca no pau do seu bofe, ele ajuda a estimular o grelo. Ajuda muito, principalmente a homens que não sabem nem onde fica nosso botãozinho de gozar.
  4. ADSTRINGENTE – pensam que adstringente é só pra pele? Nada disso. É só espalhar esse gel na ppk que em segundos as paredes da caverna se dilatam e ela fica bem apertadinha. Os homens adoram, vai por mim.
  5. GEL RETARDANTE - Ajuda naqueles dias em que você quer prolongar mais a foda e o jamelão tá meio com preguiça. E é ótimo pra homens com ejaculação precoce. Foda à vontade.

Depois dessas dicas, garanto a vocês que o sexo vai receber um up e vocês podem comprar e pedirem o que quiserem pro boy que ele vai ficar que nem um cachorrinho: só abanando o rabo.

Fui! 

Continuar lendo
300 Acessos
Tia Lyka

Truco do redondo

Oi, gente!

Tô passada! Saio pra dar um peido e, quando volto, tá essa confusão toda de "aluguel solidário". Ainda bem o pau quebrou num restaurante aqui da cidade, com penas pra todo lado, e pararam um pouco de falar sobre os venecas. Mas eu gosto mesmo é de falar de rola. Por isso, vamos à consulta do dia:

Tia Lyka,

Prometi pro mozão que daria o traseiro se ele parasse de beber. E não é que o danado deixou?! Pior que o pau do cabra tem 17cm e é da grossura de uma calabresa. Tentei dar na quarta-feira, depois do jogo, mas quase me caguei. Ele avisou que, na próxima quarta, eu não escapo. Ele sente tesão depois que vê jogos de futebol. O que uso pra não doer?

Maria Alice M. Florêncio, 40 anos, professora.

Querida, Maria.

Você não tem vergonha de, com essa idade, ainda não ter dado esse cu véio? Não sei como esse teu marido ainda não te largou. De cada 10 homens, 11 gostam de cu, sabia? Gostam tanto que, tem uns, até começam a dar. Tomara que não seja o caso do seu. Mas vamos lá:

Primeiro de tudo, fazer um enxague de cu: evita aquela casquinha de feijão na cabeça do pau alheio. Ter umlubrificante (nada de vaselina. Pufavor!). Na Farmavita tem uns bons. Diz que eu indiquei. Eles não vão dar desconto mesmo assim (brincadeirinha).

Compre um anestésico de cu. Ginecologistas não recomendam, dizem que tira a sensibilidade. E daí? O roscofe é seu, não é do médico. Esse você compra em qualquer sex shop. Não vou falar nome porque nenhum anuncia com o Barão.

Depois, fofa, é correr pros pênaltis. Fique numa posição confortável - a de ladinho é a mais recomendada. Nem preciso dizer que, antes disso, vocês vão beijar na boca, ele vai beijar o seu cuzinho etc. e tal, né?

Ouvir sacanagem também é bom, aumenta o tesão. Daí, é só respirar e escutar um "truco" e já era um cuzinho.

Fui! 

Continuar lendo
233 Acessos
Tia Lyka

Gozando em três tempos

Olá, queridos (e queridas)!

Por incrível que pareça, estudos afirma que só 37% das mulheres já tiveram pelo menos um orgasmo na vida. Tadinhas. Toda mulher sonha ter uma gozada plena num amor louco, sem que o carinha fique enfiando a língua na xereca como se estivesse desentupindo uma pia, né, meninas?

Luciana Q. K. Grande, 35 anos, passa por dificuldades nessa área e eu, que tenho mais hora de rola do que urubu tem de voo, vou ensinar como chegar lá rapidinho. Aprendam:

Tia Lyka,

Meu namorado não consegue me fazer gozar. Eu gosto dele e queria ensiná-lo como me satisfazer sem ficar enfiando a língua no meu grelo, como se isso fosse a melhor coisa do mundo. No lugar de gozar, essa penetração de língua me deixa mais ansiada do que anão em comício. Me ajude, por favor.

Querida, Luciana Q. K. Grande (fiquei curiosa pra te conhecer)

A coisa não é tão simples. O problema pode não estar em você. Homem que não aprendeu a chupar uma buceta nem nascendo de novo vai conseguir fazer uma mulher gozar, viu?! Mas vamos ao desafio. Anota aí:

1º) Preliminares. Essa palavrinha é tudo. Portanto, beijo na boca (chupe a língua dele e dê a sua de volta). Isso dá um efeito da poha se fizer sem pressa.

2º) Desça a boca do boy pra ele passar a língua por cima da calcinha (adoro), mordiscar a xereca, beijar a virilha. Depois, virar você de costas, beijar sua bunda – se o cu estiver limpinho, implore o beijo grego.

3º) Depois, é só deixar o bofe cair de boca na xereca ou então cair "pádentro".

Ah! Não custa nada pensar no negão da picona. Sensação três vezes maior.

Fui!

 

Continuar lendo
244 Acessos
Tia Lyka

Rapidinha pra driblar a crise

Salve, salve, guerreiros!

Eu sei que não tá fácil pra ninguém, imagina pra gente que se sustenta de pau. Pra driblar a crise, até parcelado em 12 vezes no cartão estou aceitando. Sem juros. Importante é não perder o cliente. A Sarah P. Araújo, 41 anos, disse que em casa a crise chegou geral:

Tia Lyka,

Meu casamento está em ruínas. Meu marido só vive reclamando de dívidas. Quando o procuro, mesmo que seja pra uma rapidinha, ele diz que está cansado e que sexo demanda tempo. Antigamente, namorávamos, fazíamos até sexo tantra. Eu também tenho lá meus compromissos atrasados, mas não perdi a vontade de foder; o que faço pro meu caboco se interessar por mim de novo?

Querida, Sarah

Em tempos de crise, os homens são os primeiros a brochar, portanto não fique achando que é só o seu. Já que você gosta tanto de fornicar, não vá se importar com o tempo que dura uma trepada, mas aproveite os segundos pra buscar satisfação. Gozar, até quando é ruim, é bom. Estou certa?

Pensando assim, recorra às rapidinhas com o boy magia. Nada melhor do que umas mensagens pelo Whats quando ele estiver voltando no final do dia pra casa. A foto de uma calcinha com aviso "te esperando" pode ser um bom início. Pode, também, mandar fotos da queca bem depiladinha e limpinha.

Esses machos também não resistem a uma chupada bem gulosa. Essa é a melhor tática pra ver o pau do boy crescer e empurrar 'pa dentro'. O resto é com você. Duas ou três reboladinhas com jeito é gozo na certa. Depois, é cair pra trás, fumar um cigarro (ou maconha) ou dar uma espiadinha no Faceebook e ver quem tá chorando miséria.

Fui! 

Continuar lendo
224 Acessos
Tia Lyka

Viúva fogosa

Olá, capetinhas!

Agosto chegou com tudo. Se preparem que o mês é longo e muita coisa há de acontecer. Pode surgir aquela chance de tirar o atraso, dar aquela fodinha esquecida, chupar aquela rolinha só pra fazer caridade. Há muitas opções: é só aproveitar. E por falar nisso, quem está aproveitando como pode é a Goretti A. Lima, 58 anos. Espiem só a história da maranhense:

Tia Lyka,

Fui uma mulher muito reprimida na juventude, casei cedo e meu finado marido nunca foi capaz de me dar prazer. Depois dos 50 é que fui sentir o grelo tremer. Fico que nem galinha golpeada no pescoço: rodo até cair. Estou num fogo tão grande que ando pensando em pegar um desses 'venecas' novinhos que ficam com papelão pedindo emprego nos sinais. O que acha?

Querida, Gogó.

Vixe! Fogo assim, o cabra tem até medo de queimar a rola. Mas, ó, deixa eu te falar: os 'venecas', pelo que sei, estão atrás de emprego não de buceta. Se eu fosse você, dava uma voltinha no "Forró dos Velhos". Lá está cheio de coroa com vontade de trepar também. E outra: procure um homem da sua idade. Pegar novinho pode te trazer prejuízo, esses menininhos adoram blusa de marca. E pau duro nem sempre é garantia de prazer, boneca. Melhor um bambo pra brincar do que um duro pra maltratar.

Fui!

c��)�k����� 

Continuar lendo
1185 Acessos
Tia Lyka

Boquete da salvação

Oi, gente!

Recebi um zap de uma amiga que me deixou preocupada. Depois de anos sem arrumar macho, começou a namorar um oficial de Justiça. Mas o casal já enfrenta a primeira crise, pode?

Tia Lyka,

Estou namorando há seis meses, mas ultimamente estamos brigando a toda hora. Ele é muito ciumento. Pior é que gosto dele e até já estava pensando em casar. Beirando os 50, não tenho mais idade pra ficar pulando de galho em galhoe ainda penso em ser mãe. O que faço pra deixar ele comendo na minha mão?

Lana Tobias do Vento Rosa, 47 anos.

Querida, Lana

Mulher que entra em crise com o macho é porque não está sabendo fazer boquete direito. Se toda mulher soubesse o poder que tem na boca, não perderia homem nenhum nesta vida.

Conselho: se o boy já chega em casa brigando, boquete nele. Se anda enciumado, boquete nele. É ele começar a falar, você já desce até o chão e enfia o pau dele na boca. Repete essa lição umas três vezes que você vai ver como ele vai ficar mansinho, mansinho.

Mas tem que saber chupar, estou cansada de ensinar. Esse negócio de dar beijinho no pau não tá com nada. Tem que enfiar o cacete na boca como se fosse engolir o cara todo.

Treina com banana pacovan meio verde. Enfia na boca e, ao retirar, vê se tem marca de dentes. Se tiver marcas, não serve: vai ferir a trolha do chupado.

Então, já sabe, né? O boy brigou, chupa a rola dele. Simples assim.

Fui!

"mw{�1 

Continuar lendo
243 Acessos
Tia Lyka

Amor de pica bate e fica

Olá, crionças!

Com esse friozinho gostoso nem sei se eu ainda quero ficar dando conselho pra vocês. Tá na cara que andam aproveitando muito debaixo dos cobertores comprados em Lethem (ou foi no Barracão da Gente?), não é mesmo?

Claro que vai depender se tem ou não goteira em casa. Aqui no meu muquifo, por exemplo, tem muitas, mas eu tenho baldes de sobra. Importante é que o barulho dos pingos ajuda a disfarçar a gemedeira dos clientes. É cada um que vou contar, viu? Dia desses, apareceu um que que chorava que nem criança, pensei que tinha arrancado a rola do cara com minha bezerrinha. Mas que nada, o caboco só goza chorando. Credo!

Mas vamos ao conselho do dia. Quem me escreve é Gabryella M. Ataíde de 33 anos, professora no Anzol:

Tia Lyka,

Estou na fossa. Levei um fora do meu macuá e agora não consigo arrumar outro. Quando estou lá, sabe?, eu só penso na pimba do moleque. Ô, caboco gostoso da peste. Não consigo mais nem dar aula pensando naquele pé grosso. O que faço pra esquecer esse homem?

Querida, Gaby

Pelo visto, isso é amor de pica: onde bate fica! Olha, amor de caboco não acaba nem fica pouco. Pensa nuns cabras que, pra sair da vida da gente, nem cachaça braba resolve. O único conselho que dou para esses casos - e tem surtido efeito - é o seguinte: pra esquecer, o negócio é fuder. Então, querida, fode que passa!

Fui!

Continuar lendo
1113 Acessos
Tia Lyka

Pica não tem ombro

Originalmente, a expressão "feito nas coxas" significa algo mal feito, algo meio disforme. Nasceu nos primeiros tempos do Brasil Colônia, quando escravos, homens e mulheres, moldavam em suas próprias coxas as telhas de barro que cobririam as casas dos senhores patrões. Como essas peças de cerâmica eram fabricadas por diversas pessoas, com as variadas compleições físicas e formas de membros inferiores, larguras e dimensões dos produtos finalizados variavam bastante, dando trabalho a quem fosse dar acabamento nos telhados.

A consulta de hoje, não tem nada a ver com arquitetura, mas com a gostosa sacanagem.

Vejam a carta da bioquímica Sandra Mellek.

Tia Lyka,

Tenho 23 anos, sou virgem e quero me casar virgem. Estou noiva e nosso casamento está marcado para dezembro. Meu noivo sabe que desejo me casar pura, com véu, vestido branco e flor de laranjeira. Nos últimos tempos, temos brincado muito e temos gozado com ele botando em minhas coxas. Pergunto: há perigo de engravidar assim?

Sandrinha,

Vocês estão caminhando em terreno perigoso. Há milhões de meninos que vieram ao mundo "feitos nas coxas". Nessa brincadeira, se a gala escorre para sua periquita em período fértil, a possibilidade de vir mais um menino gozado fora é grande. Conselho? Independentemente de qualquer coisa, faça seu noivo usar camisinha quando vocês partirem para a sacanagem. Lembre-se que pica não tem ombro e que, se entrar a cabecinha, o resto da cobra pode acompanhar.

Desejo que você siga em suas convicções e que aproveite bastante a noite de núpcias. Com uma ressalva: você não sabe o que está perdendo com esse adiamento de sexo pleno.

Fui!

Continuar lendo
268 Acessos
Tia Lyka

Dica para dar bem o redondo

Olá, pessoal! 

Animadinhos para mais uma dica de tia Lyka? Então, tirem os meninos da sala que vamos falar de cu alheio. 

E quem traz o assunto à tona, é a professora Talita C. A. Berta, 23 anos: 

Tia Lyka, 

Amiga minha disse que sexo anal é só uma questão de costume e que com o tempo fica gostoso. Já tentei seis vezes e foi horrível, mesmo estando toda limpa e cheirosa, usando lubrificante. Me ajude! 

Talitinha, 

Antes de mais nada, cuidado com a abreviatura desse sobrenomes. Dessa maneira, a macharada pode pensar que você está aberta pra tudo. 

Seguinte: Não vou te esconder a verdade. Dói, querida! É a mesma sensação de estar cagando pra dentro. Mas hoje em dia, está bem melhor do que no meu tempo, quando a única opção era passar cuspe. Agora, tem lubrificante à base d'água, e até anestesia; pode?! Mas fique atenta: as pomadas anestésicas não são indicadas pelos médicos porque tiram a sensibilidade do ânus e, com a penetração, pode romper pregas. Depois, ao sentir falta do pregueado, pode ser tarde demais. Você não sabe a falta que elas fazem quando dá vontade de peidar numa daquelas intermináveis filas do Banco do Brasil. Só de pensar nisso, valorizo meu cuzinho usado, mas ainda trancado. 

Para iniciar, peça para o parceiro começar com o dedo - o mindinho, se você tiver o cu infantil. Encorajada com a penetração digital do boy magia, é hora de trocá-lo pela marreta de fogo. A melhor posição para iniciante é de "ladinho". A vontade é de correr pro banheiro pensando que vai cagar um cupuaçu. Relaxa, o pior está por vir! Nunca ouviu dizer que "pica não tem ombro"? 

Fui! 

Continuar lendo
309 Acessos
Tia Lyka

Mamãe, eu quero gozar

Meninos e meninas,

Pelamordideus! Essa surubada que a gente vê em Brasília faz medo. Fico em dúvida se a louca sou eu ou esse bando de políticos corruptos.

O dinheiro saiu de cofres públicos e das contas de empresários, mas, parece, ninguém recebeu. Em declarações à imprensa, parece que a bandidagem tem nojo de dinheiro. Ninguém recebeu nada.

O presidente da República abandona seu homem de confiança à própria sorte com uma mala contendo 500 mil reais. Loures, o leso, parece que vai se fuder sozinho. Será que tem grana perdida pelo Planalto Central? Sinto até uma vontadezinha de dar um tempo com meus bofes e partir pruma garimpada nos cerrados do Distrito Federal. Quem sabe?

Independentemente de qualquer coisa, alguém vai se foder. Resta saber se o povo brasileiro ou o Michel Temer com o PMDB. Ou, quem sabe?, todos. Mas, por falar em foder, recebi cartinha da professora Juliana Morais, 44, que, apesar de vida sexual ativa desde os 17, afirma não conhecer o gosto – gostooooooso – de um orgasmo.

Tia Lyka,

Comecei a transar aos 17. Casei-me aos 21. Tive somente dois parceiros sexuais em toda a minha existência. Até hoje, não sei o que são esses orgasmos que minhas amigas falam. A falha é minha ou é incompetência dos homens?

Juju,

Dados científicos confirmam que mais de 30% das mulheres não conseguem atingir o orgasmo. Os fatores são os mais diversos. Hoje, há farta literatura e profissionais dedicados ao problema. Procure ler, se informar, abra o jogo com o(s) parceiro(s) e saia em busca do gozo. Tenho certeza de que, se libertando psicologicamente e partindo em busca de resolver essa situação, você, na idade da loba, ainda vai gozar como merece.

Boa sorte. Divirta-se.

Fui!

Continuar lendo
360 Acessos
Tia Lyka

Água pra que te quero

Olá, meninos e meninas,

É muita água. O nível do rio Branco vem subindo rapidamente. Ainda bem que estamos no fim do mês de junho, quando a frequência de chuvas cai. O perigo de grandes alagamentos e hordas de desabrigados fica distante.

Mas quem disse que eu entendo de meteorologia ou tenho algo a ver com a Defesa Civil? Meu negócio é sexo, e nisso eu sou boa.

E já que estamos falando em água, responderei à cartinha que a Deusalina Oliveira mandou:

Tia Lyka,

Fui casada durante oito anos. Meu marido, o único homem de minha vida até então, morreu em agosto do ano passado. Na semana passada, aceitei convite de um antigo paquera e terminamos a noite na cama dele. Gozei como nunca tinha gozado. Na primeira sequência de orgasmos, minha queca expeliu grande quantidade de líquido. Não era urina, pois não tinha cheiro de nada. Estou com medo e com vergonha. Isso é normal? Devo procurar um médico?

Deusalina, isso de mulher esporrar existe desde que o King Kong era macaco prego. Aristóteles, que não era leso e também estudava periquitas, já se referia a essa ejaculação feminina. Esse fenômeno varia de mulher para mulher e nem todas mulheres o têm. Não se preocupe: o fato de você ter ocorrido com você não quer dizer que vá ocorrer sempre. Mesmo que esse "esporro" tenha ocorrido com você, não quer dizer que sempre vá ocorrer. Nada de procurar médico. Mantenha uma boa higiene corporal e transe à vontade: faz bem.

Não se esqueçam de usar camisinha: o risco de gravidez ou de contrair uma doença sexualmente transmissível existe sempre.

Fui!

o 

Continuar lendo
276 Acessos
Tia Lyka

70? Troca por dois de 35

Tudo belê!? 

A crise está tão braba que tô diminuindo até as palavras. Daqui a uns dias, num vou tá nem mais gemendo. Jesus! Mas não quero falar de liseira com vocês, não. Vamos falar de sacanagem que é de graça e todo mundo pode fazer, basta ter tesão. 

E por falar nisso, trago uma queixa da Maria das Graças R. do C. Grande, 39 anos, pernambucana. Vejam as história da quenga: 

Tia Lyka, 

Arrumei um coroa pra namorar. Gente boa, me dá tudo que quero – roupa, calcinha, creme para desembaraçar os cabelos, esmalte, etc. –, mas não me dá o que eu mais gosto: piroca. Quando o conheci, no Forró dos velhos, ele estava todo fogoso, quase que me comia no salão. Agora, pra fuder é um suplício. Faço de tudo, chupo, esfrego a perseguida na cara dele e nada. O velho só quer ver o Ratinho. E o cara só tem 69 anos. 

Querida, Graça do C. Grande,

Namorar com velho requer paciência. Eles já estão preguiçosos, o pau só levanta tomando a azulzinha, sem contar que peidam dormindo. Portanto, se queres continuar com o coroa - vi que ele é bonzinho, te dá de um tudo e isso é muito importante: ter um pai pra nos sustentar. Então, seja compreensiva com o véio, arrume um pé de pano pra dar uma trepada de vez em quando e mantém o sexagenário só no cheirinho. Véio adora um cheiro de priquito. 

Fui! 

Continuar lendo
264 Acessos
Tia Lyka

Sexo na hora errada

Olá, povo do grelo grande! 

Com essa muvuca que tá em Brasília já cancelei viagem pra cidade candanga. Político que quiser comer tia Lyka vai ter que pegar avião pra a Macuxilândia. E o medo de morrer queimada num daqueles prédios dos três poderes? Deus me livre! 

A grana que eu ganho tem que ser quinenquieu: limpinho. Falando em limpinho, vejam a saia justa que minha costureira, Dorinha, está passando. Ela que faz os bolsos das minhas calcinhas. 

Tia Lyka, 

Estava tudo indo bem com meu coroa, até que resolvi fazer-lhe surpresinha uma noite dessas. Após o jantar, pus uma lingerie que comprei nas Lojas Marisa e, com cara de safada – dedinho na boca e outro na xereca – rumei pro quarto. Fui repreendida pelo polaco. Disse que não era hora de trepar - eram só 11 da noite – que ele só fode até as 6 da tarde pra não dar congestão. Ai, eu pergunto: desde quando existe hora pra furunfar? 

Querida Dorinha 

Trepar é que nem vontade de urinar. Quando vem, tem de fazer senão mija nas calças. Mas, segundo pesquisas, a melhor hora é às 5h48. Da manhã. Diz que homens e mulheres possuem picos de excitação diferentes durante o dia e que, a essa hora, a libido está em alta pros dois. 

Agora, a regra não deve valer pro teu véio. Capaz de, a essa hora, ele estar roncando e babando. 

Ui! 

Continuar lendo
295 Acessos
Tia Lyka

Buraco pequeno pra pau grande

Meninos e meninas, 

Quando será que esses bandidos vão parar de fuder o Brasil? Com tanta rola entrando, o buraco dessa Nação não para de aumentar. Mas, por falar em buraco aumentando, vamos tentar resolver o problema enfrentado por Keyla. 

Tia Lyka, 

Casei-me e cedo desenganei-me com o companheiro. Além de ter uma merreca de pinto, meu marido não gostava de usá-lo. Não deu: nos separamos. Casei-me de novo. Desta vez, além de ter uma rola enooooorme, meu marido quer sexo de manhã, de tarde e à noite. Às vezes, mais de uma vez num desses turnos. Confesso que, em vez de prazer, tenho sofrimento, pois aquela picona me machuca muito. Quando dá, eu invento desculpa e fujo. O que faço para que ele me entenda e não se ofenda ao saber a verdade? 

Keyla, 

O seu problema seria a felicidade de muitas mulheres. Mas... Minha madrinha enfrentava situação parecida com a sua. Mirrada, ela tinha bucetinha pequena e sofria quando meu padrinho ia comê-la.

Depois da segunda gravidez, Dindinha propôs ao marido que ele procurasse se satisfizer na rua. Com qualquer uma. Havia uma condição: aquele cacete nunca deveria ser usado com nenhuma das amigas dela nem com nenhuma das mulheres da família. 

Eles respeitaram esse acordo até o dia em que ele morreu. Ah, quando queria gozar, Dindinha o convidava para fazerem sexo – desde que ele não viesse com história de enfiar o pirocãozão na boca da coitada. Ela contava, rindo, que tinha medo de morrer com falta de ar. 

Taí, que tal essa solução? Se achar muito radical, converse com o maridão e cheguem a um acordo. 

Fui! 

Continuar lendo
345 Acessos
Tia Lyka

Sonambulismo ou safadeza?

Olá, meninos e meninas,

A coisa tá mais feia do que a gente pensa. Quem assumiu a presidência dizendo querer acabar a corrupção parece ser mais corrupto do que os apeados do poder. Descuidados, “os pessoal” do novo Brasil se deixa gravar, filmar, fotografar. Só faltam passar recibo do dinheiro ilícito recebido. Não é atoa que a cafetina Maria Cuscuz se candidata a assumir a presidência desta Nação; ela justifica: “De puteiro, eu entendo”. 

Mas vamos ao problema que a professora Maria da Piedade, 38 anos, solteira, enfrenta.

Tia Lyka,

Minha irmã viajou e deixou meu sobrinho de 13 anos aos meus cuidados. Apartamento pequeno, ele dorme comigo em minha cama. De uns dias pra cá, de madrugada, ele me abraça e me atraca com as pernas. Sinto que, nessas horas, ele fica de pinto duro. Fico em dúvida se isso é sonambulismo ou safadeza. O que que eu faço?

Maria,

Nada de piedade. Pela idade do menino, tudo leva a crer em safadeza. Tem mais, você, balzaquiana, no auge da sexualidade, corre risco de fraquejar e entrar na putaria com o menino. Lembre-se que crime de pedofilia dá cadeia braba. Pelo rumo das coisas, é melhor mandar esse menino ir cantar noutra freguesia. Mas faça isso urgentemente.

Fui!

Continuar lendo
309 Acessos
Tia Lyka

Meu primeiro amor

Meninos e meninas,

Há males que vêm para o bem e coisas boas que vêm para o mal. Explico: venezuelanas que vendem o corpo no bairro Caimbé festejam a recente ação da Polícia Federal e, como o número de quengas diminuiu, os preços de qualquer programa aumentaram; por outro lado, clientes das putas importadas reclamam que essa mesma ação da PF provocou inflação no mercado e quem cobrava R$ 80 está cobrando até R$ 150 por uma saida básica.

Mas deixemos quengas e economia de lado e vejamos a situação vivia pela secretária Maria do Rosário. 

Tia Lyka,

Tenho 23 anos e sou virgem. Sabendo disso, minhas colegas, de brincadeira, me deram um pênis com vibrador pelo meu aniversário. Resolvi experimentá-lo e gostei da brincadeira. Tenho sentido sensações ma-ra-vi-lho-sas. Hoje, sinto vergonha dessas sessões de masturbação e, na igreja, fico com medo que o pastor veja as mudanças que vêm ocorrendo comigo. O que faço é pecado?

Querida Maria,

Masturbação existe entre todos os animais. Com o ser humano é muito mais gostosa pois somos os únicos seres que praticam sexo por prazer. Quem garante que pastores, padres, freiras, monges e rabinos não se masturbem e procurem os prazeres do sexo? Se você se dá bem com o brinquedinho, continue com suas brincadeiras. Tenha certeza de que você não está fazendo mal pra ninguém; pelo contrário, está fazendo um bem para si mesma. Lembre-se de trocar as pilhas, pois, se vazarem, o ácido delas pode machucar sua queca.

Fui!

Continuar lendo
330 Acessos
Tia Lyka

Chifre trocado e advertência

Meninos e meninas,

Ainda bem que nossa liberdade chegou. Apesar de tímida em alguns assuntos, hoje podemos fazer quase tudo o que nossos parceiros fazem. Sem remorsos. Eu, graças a Deus, depois de passar nove anos no mesmo quarto com um só homem, me libertei. Hoje, dou pra quem quero, na hora que quero. Só não dou se o boymagia não quiser.

Diante dessas mudanças comportamentais, motorista de táxi, que pede anonimato, sofre com o chifre que a patroa está lhe pondo por vingança e consulta:

Tia Lyka, Depois de 14 anos de casado, descobri que minha esposa está caçando rola noutros poleiros. Temos falado em separação e, pelo jeito, será litigiosa. Pergunto, se eu provar que ela está me traindo, ela perde direito aos bens e à guarda das crianças?

Meu caro motora, já foi o tempo em que chifre colocado por mulher trazia prejuízo na hora da separação. E você está sendo egoísta, pois, pelo Whats, você me disse que a patroa descobriu há algum tempo você tem uma teúda e manteúda no Raiar do Sol.

Vou lhe dar conselho que ouvi há muito tempo, quando de minhas andanças pelo Ceará. Como se trata de chifre trocado, vocês podiam passar a régua e se comprometerem a mudar de vida. Lute para não chegar ao divórcio, pois seu prejuízo pode ser grande. Veja: se houver separação, você vai perder metade de seus bens e a totalidade da periquita da patroa; se levaram o casamento adiante, numa boa, você
garante 100% do patrimônio e, pelo menos, 50% da periquita da companheira.

Como diz mestre Afonso Rodrigues de Oliveira: pense nisso.

Fui!

Continuar lendo
363 Acessos
Tia Lyka

Dar ou perder?

Olá, coleguinhas,

Agora deu. Prima minha veio passar uns dias em Boa Vista e ficou apavorada porque me viu receber três homens diferentes em três saídas. Disse que eu sou muito fácil e que, assim, não vou arranjarninguém pra viver comigo. Mas, cá pra nós, quem disse que eu estou atrás de companheiro? Essa experiência eu já tive. Se pintarem dez homens, eu dou dez vezes. Sem remorso. Quem sabe se amanhã estarei viva? Por coincidência, a professora Anita dos Santos, 41 anos, consulta sobre isso de dar na primeira ou guardar a queca pra depois.

Tia Lyka,

Estou perdida. Conheci um cara no Facebook e ele vem passar o feriado de 1º de maio em Boa Vista. Em nossos papos, trocamos algumas intimidades. Pergunto: dou pra ele no primeiro encontro, ou me guardo para depois?

Anita,

Importante é o clima. Se rolar tesão, por que não dar? Você acha que o boymagia vem para uns jantarezinhos e fazer passeios turísticos com você?

Se o cara enfrenta 700 quilômetros pra te ver, ele vem atrás de tua periquita. Se você não der, pode ser que ele encontre alguém e te delete do rol da amizades no Face.

Veja que você já está nos enta e a concorrência é braba. Com essa falta de macho de verdade, as menininhas estão dando sem nem se preocupar se o caboco é feio ou se vai rolar um bis.

Não leve meus conselhos como incentivo, mas, sem dar, o risco de perder o visitante é grande. E como é que ele pode querer bisar se não teve a primeira vez?

Dê, minha filha. Dê e goze gostoso.

Fui!

Continuar lendo
366 Acessos
Tia Lyka

Consolo de corno

Meninas, Hoje eu estou com o cão no couro. Em festinha pra lá de íntima, me apareceu um alemãozão todo grande. Eu me engracei e levei aquele deus pra tirar-lhe o sumo em minha humilde residência.

Ices consumidas, uns amassos, quando venho do banheiro, depois de me assear, o homem me diz que “está com dor de cabeça”. Pode? Despachei-o e, naquela noite, me socorri com um consolo que guardo para essas horas solitárias.

Depois daquilo, amiga me disse que minha Coca-Cola era Fanta. Ela me garantiu que aquele homão tem um caso com um capitão. Cabe denúncia ao Procon?

Mas o caso de Lindinalva Silva, professora, mãe de uma menina é mais sério:

Tia Lyka, Eu e minha irmã nos casamos com dois belos rapazes lutadores de Jiu-Jitsu. A amizade entre os concunhados crescia de forma natural. Muitas vezes, eles, nos tapetes de nossas casas, treinavam golpes aprendidos na academia. Até aí, tudo bem. No sábado passado, voltei um pouco mais cedo do trabalho e dei com os dois, nus, se agarrando em cima de minha cama. Apesar da insistência de meu marido, sei que aquilo não era luta. E agora?

Lindinalva, A coisa anda muito séria. Homem, com agá maiúsculo, está cada dia mais difícil. Se você for moderninha, abra o jogo com sua irmã e vivam felizes, os quatro, para sempre; agora, se quer levar vida nos padrões ditos normais, dê as contas do boymania e arranje um que preste mesmo. Escolha alguém que lute boxe ou caratê.

Fui!

Continuar lendo
386 Acessos
Tia Lyka

Só pensa naquilo

Olá, queridos!

A mulherada tem me perturbado querendo saber truques para prender macho. Simples: põe um saco de maconha debaixo da cama dele e chama a polícia.

Ora, suas mal-acabadas, o que prende homem é boquete, caldinho de caridade e escalda-pés. Não precisa ser nessa ordem. Conheço muita mulher que perdeu marido para outro homi. Também, não tem quem chupe melhor um pau do que outro macho.

Cuidem de aprender a chupar (tia Lyka tem ensinado o passo a passo aqui). O resto é bônus. Mas hoje vou acudir a professora Teresa M. Osório, 42 anos, maranhense de Barra do Corda.

Tia Lyka,

Nunca me casei, tive só uns namoricos. Com a idade, tenho sentido uns calafrios e não paro de pensar em sexo. No trabalho, gosto de ficar me esfregando no canto da mesa, acho que meus colegas já perceberam. Colocaram um apontador de lápis no lugar, mesmo assim, eu me enrosco de vez em quando. O que faço para deixar de sentir essa bulinação?

Querida Teresinha,

Senhora é a mãe. Sou velha, mas trepo mais do que as novinhas.

Seguinte: Filha, você tem urgentemente que dá essa queca!! Se não liberar o gozo contido aí dentro, você vai explodir no meio da rua - que nem o pintinho sem cu (já ouviu essa piada?). Vou te enviar uma piroca amestrada que tenho aqui. Melhor que marido. Só não se esquece de comprar pilha.

Fui!

Continuar lendo
404 Acessos
Tia Lyka

O pequeno que satisfaz

Olá, meninos,

Todo mundo feliz? Muito beijo e muita transa nesse carnaval?

Eu tou morta de contente. Arranjei um canaimé na primeira noite e o negão só saiu de minha casa na quarta-feira. Tou tão esfurubicada que, agora, só quero saber de rola no Sábado de Aleluia.

Não se esqueça. Você que foi com muita sede ao pote e transou sem camisinha, dependendo do caso, ainda há tempo para a pílula do dia seguinte. Melhor gastar 23 contos agora do que ter menino chorando no pé do ouvido e botando pai liso na Vara de Infância.

Mas vamos atender a clientela. A manicure Jônia Maria Brasil reclama e não sabe se mantém relacionamento com um possível pica-de-pano:

Conheci um sujeito grandão, sarado, simpático e cheiroso. Dentro da calça dele, um volume de dar água na boca.

Fomos prum motel e, na hora do vamos ver, ele só queria transar em completa escuridão. Gosto de fazer sexo no claro, vendo nos espelhos o que rola em cima da cama. Mas tudo bem.

Ele até me satisfez, só que o volume do material apresentado era bem menos do que eu tinha imaginado pela saliência na calça. 

Tou com vontade de despachá-lo.

Calma, Joninha. Mais vale uma pomba na mão do que duas voando. No seu caso, mais vale meia pomba na queca do que uma grandona na prateleira.

A filosofia popular diz que é melhor ter um pequeno brincalhão do que um grande bobalhão.

Te adapta à situação: no lugar de usar o meião,  aprende a beirardear.

Fui!

Continuar lendo
363 Acessos
Tia Lyka

Perigos dessa vida

Oi, meninos e meninas dessa terra de gente fogosa.

Com a chegada do carnaval, esses pessoal ficam com as partes do baixo-leblon pegando fogo.

Antigamente, quem mandava durante os três dias de folia, era Momo; hoje, quem domina o pedaço é o capeta. Nesse período, a sacanagem perde limites e os perigos que ela traz afluem por todos os poros de quem tem o cão no couro.

Vejam o e-mail que o “Sou o que sempre fui” me mandou. Por motivos óbvios, ele pede anonimato.

Tia Lyka Sou casado há três anos. Sempre procuramos manter um relacionamento de respeito mútuo, mas aberto. Depois de muito conversarmos, minha esposa me convenceu a termos experiência sexual com outro casal.

Um primo dela e a noiva dele aceitaram participar da novidade.

Depois de três encontros de pura sacanagem, descobri que estou apaixonado pelo rapaz. E ele diz que está apaixonado por mim. Já tivemos dois encontros às escondidas. E agora: o que devemos fazer?

Ihhh, rapá! O negócio é complicado. Esse é um dos riscos de participar dessas coisas. As mulheres de vocês desconfiam dessa paixão? E elas, como estão depois da suruba que vocês fizeram? Será que não está rolando sentimento entre as muchachas também?

Meu conselho é abrir o jogo. Quem sabe vivendo os quatro juntos vocês não serão mais felizes do que têm sido até agora?

Fui!

Continuar lendo
391 Acessos
Tia Lyka

Beijo na Xota

Olá, meus discípulos e discípulas!!
 
Tô quase abrindo a Igreja da Sacanagem de Todos os Dias tantos são os seguidores de tia Lyka. No lugar do dízimo, vou cobrar dez por cento dos boquetes. O que acham?
 
Por falar em “boc-boc”, tenho um babado (nada bom pras xoxotinhas de plantão) que tá dando o que falar nas redes sociais. Um doido aí, lá da casa do caraio, fez uma enquete para saber porque os homens não gostam de chupar as “bandadinhas” e, pasmem, as respostas foram as mais absurdas possíveis. Ainda bem que essa pesquisa não foi no Brasil.
 
Ainda assim, a gente sabe que muitos homens têm nojinho de cair de boca no serviço. Uns alegam que o cheiro é forte; outros, que parece uma gosma e por aí vai. Não se chega a um consenso.
 
Sobre um assunto, me perguntaram no grupo de “zap-zap” – as putinhas do Caburaí – o que eu tinha a dizer sobre essas criaturas antiboquete. Respondo:
 
Pra mim, homem que não gosta de chupar uma bucetinha tem um pé na viadagem. Macho que é macho cai de boca e só larga se a gente puxar pelos cabelos.
 
Caso você tenha um bofe que só passe a língua por cima e a enxugue nas suas coxas, despache-o enquanto é tempo. A gente pode até ficar sem perfume francês uns dias, mas sem ganhar um beijinho na perereca não dá.
 
E mais: quem não chupa, não fode!
 
Fui!
Continuar lendo
537 Acessos
Tia Lyka

Beijo grego

Olá, pessoas!

Até que enfim, chegou novembro, né? Se bem que muita gente parou no mês de setembro, graças à mamys Sussu que “se esqueceu” de pagar o salário. Mas eu não tô aqui pra falar de gente caloteira, não. Fecha a porta do quarto que o assunto de hoje é quente e faz cosquinha na bunda.

Vocês já conhecem o beijo grego? A Alessandra do Passarinho K. Grande, 36 anos, professora universitária, nunca ganhou um.

Tia Lyka, Vi um filme pornô esses dias e fiquei doida. O cara enfiava a boca no traseiro da mulher e só largava quando ela caía ciscando. A posição chama-se: beijo grego. Como faço pro meu marido fazer em mim?

Fofa, O primeiro passo, é lavar bem a bunda e passar lenço umedecido pra tirar as caquinhas. Depois, botar os meninos pra dormir na casa da avó, comprar a bebida que ele gosta, caprichar no boquete e dizer que está doida pra dar o cu – sem esse último item fica difícil convencê-lo de cara.

No mais, é só ficar numa posição favorável. A melhor delas é você ficar deitada sobre uma mesa de costas (claro), empinar o bumbum, deixar as pernas levemente abertas pro boymagia enterrar a cara. Feito isso, relaxa os esfíncteres (pregas), deixa o macho chupar à vontade e espera a queda. Só não relaxa demais (pode sair gases e estragar tudo).

Fui

Continuar lendo
519 Acessos
Tia Lyka

Dedo podre

Queridos e queridas!

As “muié” pensam que eu sou casamenteira, querem que eu dê um jeito de tirá-las do caritó (solteirice). Não arrumei nem pra mim, quanto mais pra vocês, que não sei nem a cor do grelo.

Tudo bem! O conselho de hoje vai pra todas as solteiras - as largadas também - que querem arrumar um macho pra chamar de seu, mas têm o dedo podre.

Primeira atitude: gostar de si mesma. Andar cheirosa, calcinha limpa, boca escovada; depois, procurar macho no lugar certo. Vejo mulher doida pra casar, procurando homem em forró, pagode, Pit Stop, seresta... Me poupem!

A única coisa que vão arrumar nesses lugares é rola. E suja. Vamos ter mais critério, exigir pelo menos que o cabra tenha nível superior pra não ouvir um “a gente fumo”, “moro no Tranquedo”, “vou pra Guiana Inglesa”.

Procure saber se ele é bom filho, se tem trabalho fixo, algum parente preso (se for de facção, foge e muda de endereço), se atirou fogo em gato quando criança.

Os cabras chamam vocês de gostosa e vocês já vão abaixando a calcinha. Não dá! Experimentem frequentar lugares decentes como ir à missa aos domingos, fazer caridade. Depois de laçar o macho, é só dá uma surra de perereca. Garanto que no outro dia, ele compra as alianças.

Homem não quer casar. Nossa sorte é que eles não vivem sem buceta.

Fui!

Continuar lendo
447 Acessos
Tia Lyka

Sexo tantra da tia Lyka

Olá, meus seguidores!

Hoje, vou direto ao ponto. Que nem exame de próstata: sem rodeios.

Tenho recebido muitas reclamações das casadas e pedidos de conselhos para melhorar o sexo com o parceiro, como fazer a perereca morder o croquete, passar 3 dias gozando (se eu usar essa ténica com meus clientes, vou perder dinheiro).

E eu pensando que o povo estava preocupado mesmo era com a crise, com a falta de banana-maçã na cidade. Nada. A mulherada quer aprender a praticar o sexo tântrico.

Pois bem. Anotem as dicas da titia aqui:

Você vai precisar de pelo menos 4 horas livres com o parceiro. Deixe os meninos com a avó - ou num abrigo infantil, dê Rivotril pro cachorro, desligue o telefone e puxe o fio da campainha. Prepare o ambiente: roupas de camas limpas, velas aromáticas (não aquelas de macumba), de preferência as que exalam feromônio – só procurar em sexy shop. Faça o check in de buceta (depilação, 3x10 séries de contrações dos músculos da pepeca).

O mais importante: avise ao bofemagia que a noite está reservada para os dois. Vai que o doido inventa de ir assistir ao jogo do Atlético no bar do Loureiro.

Mande mensagem pelo “zap-zap”: “a noite é uma criança e eu sou uma chu-pe-ta”, acompanhada da foto de sua boca sorvendo um din-din de coco (te vira pra comprar). Ele vai passar o resto do dia de pau duro. À noite, receba-o como se estivesse ganhando um desses sapatos brilhosos da moda.

Leve-o pro quarto e inicie a sessão. Primeira técnica: Olho no olho; depois, toque o peito dele, direcione-o a tocar o seu. Em seguida, comece a massagear, suavemente, a face, orelhas, mãos, pernas, bumbum. O prazer é explorar o corpo inteiro do parceiro e retardar o gozo ao máximo.

Agora, fofa, se o bofemagia tiver problema de ejaculação precoce, nem perde tempo. Dá uma chupadinha mea-boca e corre pra assistir ao Netflix.

Fui!

Continuar lendo
480 Acessos
Tia Lyka

Amigos também trepam

Olá, meu povo!

Gostaram do meu cabelo roxinho? Pensando em pintar a pepeca também, mas meus clientes só gostam dela peladinha, que nem tomate. No momento, está igual a macaquinho novo: só as penuginhas.

Hoje, trago dúvida da escriba Deyse Sobral dos Santos Padilha, 24 anos - meio puta ocasionalmente (ela que diz):

Tia Lyka,
Querida mestra das inteligências supremas sobre ppk e regos! Vivo na friendzone com meu melhor amigo há anos, e olha que ele é feio e eu sou linda, mas eu o amo até hoje -  só que não deixo de dar pros outros, pra não morrer seca; tou certa? Esse amor é possível? Será que ele fala sério quando diz que não trepa comigo para não quebrar a amizade?

Fofa!

Eu acho que já respondi você por aqui. Está escrevendo um livro, é? Vamos lá:

Queridaaaaa! Homem que gosta de ppk (gostei dessa abreviação pra pepeca - assim, o Barão não passa o dedo censurador dele) não tem esse negócio de amizade, não. Ele come até a mãe.

Quem se preocupa com amizade é menina pobre, suburbana, que escreve na camisa da escola no final de ano. Pra mim, homem que renega buceta não merece ter piroca. Fique esperta: ou esse cara senta na macaxeira, ou tem o pau pequeno.

Em todo o caso, vai a última tentativa: lava bem a xana, convida o amigo pra ir ao cinema e. no escurinho, pega firme no pau dele. É! Assim sem avisar, sem clima. Chega no ouvido dele e sussurra: quero fu-der. E volta a assistir o filme naturalmente.

Se voltar pra casa sem se sentar na pica amiga, entenda: ele não quer sua ppk.

Fui!

Continuar lendo
461 Acessos
Tia Lyka

A crise e o “banho de gato”

Olá, queridos – e queridas!

Sei que a vida não está fácil, tem muita gente trepando sem ligar a central de ar – ninguém aguenta 40% de aumento de energia, né? Eu mesma tive que reajustar a tabela de meus serviços sexuais. F... no calor não dá! Eu suo que nem tirador de espírito. Mas digo a vocês: sexo é prioridade. Podem cortar tudo, cabelereiro, manicure, lavagem e polimento do carro, cervejinha, mas a perereca e um talo bem afiado não podem faltar.

Trago o assunto à pauta porque tenho recebido muitos e-mails de casais, amantes, querendo se separar e um dos motivos, acreditem, são os gastos do(a) parceiro(a). Eu digo: meu bem, você já sustentou uma puta um mês? Então, não sabe o que é gastar.

O Antônio Ferreira Neto, 65 anos, é uma dessas criaturas que está desesperado. Quer dispensar a namorada, uma novinha de 20 anos.

Tia Lyka,

Estou namorando uma novinha há sete meses, mas estou pensando seriamente em terminar. A menina só quer andar com calça de marca, cabelo e unhas feitas, academia, perfume importado e celular da moda. Toda vez que falo em terminar, ela me dá um “banho de gato” que faz eu desistir na hora. Me ajude a terminar essa relação, sem perder esse “mimo”. Adoro ser chupado.

Querido Toinho,

Eu não vejo solução para o teu caso. Se a novinha faz o caqueado gostoso, você tem que investir, enchê-la de presenes. É que nem em restaurante, o garçom te serve bem, você paga os dez por cento sem reclamar.

Até porque, nessa tua idade, o pau já não atende aos comandos, fica preguiçoso. Você já não faz mais todas posições – um papai-mamãe uma vez na vida outra na morte. Só goza com boquete ou se estimular a próstrata.

Das duas uma: ou você mantém a novinha que faz o boquete caprichado, mas é careira, ou compra um animal de estimação em fase de amamentação. Os gatinhos são mais carinhosos.

Fui!

Continuar lendo
449 Acessos
Tia Lyka

Chupetinha pra curar o estresse

Olá, pessoal!

Espero que vocês estejam doidos para falar de sacanagem porque eu já estou molhadinha só de pensar. Comigo é assim: quando não tô fazendo, tô falando. Problema de memória.
Tenho recebido muitas queixas de mulheres  - de homens também – sobre seus parceiros (as). Povo anda estressaaado. Mas o que me chamou atenção foi a mensagem da Jussara Bernardo A. Silva, 45 anos. Ela é professora de língua estrangeira e disse que está quase largando tudo e voltando pro Ceará. Motivo? Estresse do macho.

Tia Lyka,

A senhora é a última tentativa para salvar meu casamento. Há dois meses, meu marido está insuportável. A vida dele é reclamar de tudo, nada está bom, a comida está salgada, o arroz está cru. Desde que fui promovia no trabalho e comecei a chegar mais tarde em casa – e morta de cansada - os problemas começaram.

Sei que a senhora é especialista em ensinar o povo a trepar -  no meu caso, a gente nem anda fazendo mais isso, ando sem tesão – mas gostaria que me desse uns conselhos pra ter ele tem, responde que é “estresse” do trabalho. Me ajude!

Querida, Ju

Seguinte: homem estressado é falta de boquete. É! Quer ver um homem ficar mansinho é só fazer uma chupetinha caprichada nele. Você começou a se dedicar mais ao trabalho e se esqueceu que tem um macho em casa? Não pode.

Um casamento sem sexo não se sustenta. Nem com dinheiro. Eis uma dica simples: Surpreenda o boymagia hoje. Faça uma jantinha gostosa, bote os meninos pra dormir cedo, veste aquele lingerie que você comprou na promoção e bota pra f... Preguiça? Imagina que ele tá te pagando uma nota, que você vai poder comprar muitos perfumes, bolsas caras, sapatos lindos. Comigo sempre dá certo.

E se estiver com muuuuuita preguiça, só dar uma chupetinha (já ensinei aqui) de fazer ele lamber os beiços. Mulher que tem preguiça de trepar, tem que saber chupar, fofa. Copia.

Fui!

Continuar lendo
440 Acessos
Tia Lyka

Remédio pra esquecer chifre

Pessoal, de novo, vou tratar de um tema que pouca gente gosta de falar – menos quando é da vida dos outros -, mas que a toda hora esquenta cabeça de gente: chifre. E digo a vocês: dói pra disgrama. Pensam que puta não leva chifre, é? Hum! Até se apaixona.

Nesses dias, encontrei-me com amigo (de infância) na lotérica. Ele leva chifre desde criança, quando a gente brincava de manja trepa na Praça da Bandeira. Fez questão de me dizer que continua continua levando diadema de vaca. Agora, satisfeito. “Eu sempre como primeiro”, me confidenciou ao pé de ouvido. Tão vendo? Tudo depende da maneira como você encara as adversidades da vida. É isso que vou explicar à Judith Pedrosa de A. Fonseca, 42 anos. Vejam o perrengue que a bombeira está passando:

Tia Lyka Estava desconfiada do meu namorado e resolvi segui-lo. Flagrei ele caindo de boca numa periguete no pagode, pode? Além da decepção de ver o homem que, até semana passada, era com quem eu queria casar e ter muitos filhos, ainda passei vergonha de presenciar a cena na frente das minhas amigas e dos “pessoal” da oposição. O que faço, tia? Mesmo sendo traída com uma feiosa, sou louca por ele. E tenho medo de ficar solteirona que nem minhas amigas.

Querida, Ju!

Tem certeza que vai ter esse tanto de menino com essa idade? Te apressa.

E mais: menino é brinquedo caro. Pensa bem antes de começar a parir. Outra: quem procura, acha. Falta do que fazer sair atrás de macho pra fazer flagrante.

Antes de você querer colocar coleira no seu macho, ponha na ponta do lápis as vantagens que ele pode trazer pra sua vida. Não pode entrar só com a pica. Ganha bem? Super dotado? ejaculação precoce? Sabe lavar louça? Gosta de trepar (esse item é importantíssimo, pelo menos pra mim)? Se ele não atender a um desses pré-requisitos, caia fora urgente.

Conselho? Pra esquecer o negócio é trepar. Trepa chorando, mas trepa, querida.

Fui!

Continuar lendo
471 Acessos
Tia Lyka

Panela velha e penico novo

E aí, pessoal! Caçando muitos Pokémons por Boa Vista City?

Estou até gostando dessa brincadeira de procurar esses bichinhos.
Gosto mais quando eles se escondem dentro da minha calcinha e o boy magia tem que matá-los. Até arrepio só de pensar. Delícia!

Quem não está muito ligada na nova onda e correndo do pau é a professora Aurora de Melo A. Pinto. Olha a reclamação da “mardita”:

Tia Lyka

Tenho 58 anos, arranjei um namorado de 24, mas tou meio arrependida, o menino quer transar toda hora. Tem remédio pra baixar o tesão? Estou cansada de furunfar. Já sou uma idosa.

Querida Aurora,

Isso que dá arrumar macho novo. Esses meninos são que nem pedreiro na hora do almoço: comem tudo e ainda lambem o prato. Já acordam querendo furunfar (não vou mais falar “fuder”. Barão anda reclamando. Tnc!).

Tá pensando que é a Suzana Vieira? Ela é rica, bem. Mulher com dinheiro fode (assim pode falar) se quiser. Agora uma lisa que nem você, arruma um rapazinho de 24 anos? Boa de levar uma surra de cipó.

Tudo bem. Sei que faz bem pro ego uma coroa desfilar com cabra novo.
Também é bom sentir um pau bem durinho bulinando a gente de noite, né? Eles são tarados, gozam até raspando a rola.

Eu sei que meu papel aqui é trazer soluções, mas também não posso deixar de falar a real. Agora, se você está “xonada” e paixão de velha é que nem lombriga em menino renova a cada seis meses, deixa eu balançar os peitos aqui e vê o que cai de solução.

Pensando, pensando... Anota aí:

Toda vez que o boy magia quiser trepar, você cai de boca nos bagos dele. Capricha no boquete até ele pedir pra Jesus voltar. A ideia é esvaziar os ovos do bofe, deixar ele esmorecido que nem picolezeiro em final de expediente.

Caso, não funcione, manda esse cabra pra mim. Mas manda com a carteria cheira. Eu cobro caro e gosto de furunfar a noite toda.

Fui!

Continuar lendo
447 Acessos
Tia Lyka

Periquita ou Pokémon?

Olá, queridos do meu Brasil.

O que tenho visto de mulher abraçada em pé de cajueiro depois da receitinha que passei aqui não está na conta. Se acalmem! O chá pra buceta não é milagroso. Se estiver muito afolozada, só fazendo cirurgia pra deixar a perseguida bem justinha, original.

Se bem que tem homem que nem liga se está apertada ou frouxa. É. Tem neguinho trocando buceta por Pokémon. Espiem esta conversa:

Tia Lyka

Namoro um rapaz há oito meses. De uns tempos pra cá, ele começou a sair com um amigo de infância para caçar Pokémon. Ando meio desconfiada, esse colega dele nunca teve namorada; será que meu amado anda trocando perereca por pinto?

Augusta Aurelina S. Pinto, professora, 38 anos

Querida Augusta

Não vou te enganar: Parece que essa Coca é Fanta.

Tá bom, não chora. Vamos pensar que o rapaz não teve infância e agora quer compensar o tempo perdido brincando com o amiguinho. Mas se você não quer perder o bofe, bom entrar na brincadeira e sair à caça dos bichinhos.

Eu, quando brincava de manja-esconde (gostava mais da manja trepa) sempre dava uma recompensa pros meninos: o primeiro que me achasse, levava um boquete. Não sei até hoje por que só colocavam eu pra me esconder.

De lá pra cá, muita coisa mudou, ninguém mais brinca de amarelinha, manja, queimada. As brincadeiras agora estão na tela do computador, nos smartphones, mas a essência dos joguinhos de procura acha continua a mesma: sedução, descoberta. A sensação é a mesma que dar uma pirocada da vida: os meninos “pira”.

Portanto, use a curiosidade dos rapazes a seu favor. Quando o Coca e o Fanta, digo, teu namorado e o amiguinho dele forem jogar, enrabicha atrás e propõe premiação: a cada bichinho encontrado, um boquete bem demorado.

Só precisa ficar atenta pra esses bichinhos não se esconderem em cu de caboco. Caso isso aconteça, pode guardar a buceta pra outro e deixa os meninos se divertirem com os Pokémons.

Fui!

Continuar lendo
594 Acessos
Tia Lyka

Perereca arrochadinha

Gente!

Tem coisa melhor do que meter numa perereca apertadinha ? A minha é mais arroxada do que cu de sapo. Querem saber o segredo? O primeiro deles é fazer exercícios vaginais pelo menos três vezes por semana. Eu já ensinei aqui, perderam essa aula?

Vamos fazer uma revisão rápida. O curso completo estarei vendendo em breve na internet. Não vou ficar aqui contando meus segredos sem ganhar um tostão. Comigo é assim: dinheiro na mão, calcinha no chão.

O exercício é bem tranquilo, pode ser feito na fila do banco, vendo novela, no cabeleleiro e até em velório. Contraia a vagina como se estivesse prendendo o xixi. Prende, solta, prende, solta. Repita pelo menos 10 vezes seguida, descansa; depois faz de novo.

Essa prática vai fortalecer as paredes da sua vagina (também uso nome bonito pra buceta, tá!) e deixar seu bofe magya louco de tesão. Tem outra dica que é pra mulher sem vergonha e chifreira que nem a Francemeire Augusta do O. Grande, 46 anos. Olha o aperreio da maranhense:

Tia Lyka

Venho por meio desta pedir socooooro!

Depois de um mês fora de casa, meu marido deve chegar de viagem dia 20 de agosto. Arrumei um negão que tem uma lapa de pica. São 17 centímetros contra 11 do meu esposo. Além de grande, é grossa que aaaarde.

O que eu faço pra ficar arrochadinha antes de ele chegar? Não quero morrer degolada. Por favor, me ajude!

Querida France do O Grande,

Anota aí, malacabada:

Faz um chá com a casca do cajueiro, deixa esfriar, depois coa e guarda. Pega uma bacia e higieniza (álcool ou água quente) para fazer um banho de assento.

Antes do asseio, lave bem a queca, tire o sebinho. Depois, coloque água morna e o chá na bacia, mergulhe a perereca e deixe ela lá se afogando por uns por 15 minutos. Fazer só umas duas vezes por semana para não ter ressecamento. E nada de fuder com o negão nesses dias.

O resto é deixar com o pau pequeno.

Fui!

Continuar lendo
542 Acessos
Tia Lyka

Perereca independente

Olá, queridos

Sem querer ser feminista – detesto rótulos que nos marcam que nem vaca no pasto – mas acho importante abordar um assunto que tem deixado muita mulher independente sem rola fixa. É, fofas, ter profissão, casa e carro próprios e saber onde fica o botãozinho de gozar pode jogar você na estatística das “sem marido”.

E vamos combinar que a gente gosta de ter um pau gostoso em casa pra fazer saliência. Adoro! A diferença é que eu emito fatura.

A Deyse Sobral dos Santos Padilha, jornalista, 23 anos, já enfrenta o problema por se bancar. Vejam o que a escriba diz:

Titia linda e maravilhosa, que sempre tem solução para nossos problemas sexuais (os mais destruidores de vidas),

Gostaria de saber por que os homens de hoje em dia têm tanto medo da gente que trabalha, é formada e independente? Eu pensei que deveria ocorrer o contrário, mas parece que os caras se intimidam. E quando vou pra cima e faço um super boquete, o cara fica louco, mas também parece se sentir incapaz de dar conta do recado "todo".

Querida, Deyse!

Adorei o “titia linda e maravilhosa”. Parece até ser da família (risos).

Vê só: imagina que prender o xixi foi a única sensação de orgasmo que sua vó teve a vida toda. De lá para cá, evoluímos bastante. Hoje tem vibrador, sela da bicicleta, massagem erótica, Pokémon, o caralho de asa para nos dar prazer.

É muita ferramenta disputando com as pirocas. O homens num guenta, fia. Quando eles vêem uma mulher com diploma, chave do carro na mão, pensam logo: “Fudeu! Vou ter que me esforçar. Nada de meter e gozar logo”.

É nessa hora que a gente tem que dar uma de “mulherzinha”. Como? Ficar manhosa, dizer que ele tem a maior pica do mundo, que ele é forte, machão. Fala isso no ouvidinho dele que, aposto meu cu, vai ficar de pau duro por três dias.

Caso dê errado, tem muito pedreiro dando sopa por aí: são viris, gostam de trepar e vão te tratar como princesa. Depois, você paga um curso de engenharia pra ele.

Ui!

Continuar lendo
433 Acessos
Tia Lyka

Beijar o furico é bom?

Olá, meu povo de esquerda e de direita!

Aqui, o único partido que manda é o meu (por enquanto). E digo mais: ninguém vai ver meu nome em lista de propina. Mesmo dando pra ala do PT e caciques do PMDB, todo serviço que faço é limpinho. Sou puta e honesta.

Mas meu papo aqui não é de política, se bem que a boa sacanagem está perdendo feio pra esse povo do Congresso, né, não?! Hum. Deixa quieto!

Seguinte: hoje falo de uma bolinação gostosa de fazer e que tem até curado quem tem prisão de ventre. Vejam só o que a Maria Estelita Gomes B. Grupette, 43 anos, ex-gafanhota, me contou pelo “zap zap”:

Tia Lyka,

Arrumei um velho tarado em fiofó. Quando me conheceu, foi logo arreando minha calcinha e enfiando a língua no “redodin”. Fui lá no Curupira e voltei de tão bom.

Tenho prisão de ventre e notei que as linguadas do velho têm me ajudado a evacuar regurlarmente. Mas fico travada, contraio a bunda, o que faço pra relaxar?

Querida, Estelita

Como diz o Mike Guy Bras: “Ê, maluco, se é bom, deixa rooolar!”

Fofa, se o velho gosta de chupar cu, deixa. Para com esse negócio de ficar travada, pensa nos benefícios anais que esse homem está te fazendo. Você sabe o quanto é ruim ficar entupida. Fico arrepiada, só de me imaginar cagando um coco.

Faz assim abestada: a melhor maneira de curtir bem a linguada na bunda é deixar ela bem escancarada. Abre bem essa bunda que Deus te deu (com as duas mãos sua lôca) e deixe a cara do velho se perder dentro dela. Pra deixá-lo mais tarado, reboladas na velocidade 5. Copiou?

Ah! Não se esquece de assear bem esse cu com sabonete íntimo (na Farmavita tem). Eu uso com alecrim e menta, fica super refrescante. Porque fedor de cu é pior do que cheirar arroto de chefe depois do almoço: a gente quer vomitar na cara da peste, mas prefere se manter no emprego.

Ui!

Continuar lendo
505 Acessos
Tia Lyka

Boi na linha

Olá, pessoal!

Feliz da vida com o sucesso que a versão on-line do jornaleco está fazendo. Esse jornalzinho fuleiro atravessou fronteiras e agora está em smatphones, tabletes, notebooks e o caralho a quatro.

Na cozinha, no banheiro, na fila da lotérica, qualquer lugar é apropriado para se manter informado e – por que não – com um pouco de tesão. Acessem! Quem entrar primeiro, vai gozar mais rápido. Mas vamos ao que interessa. Vejam o que esse sexgenário está passando:

Tia Lyka,

Estou namorando há cinco anos uma mulher de 27 anos. De uns meses pra cá venho notando um tratamento diferente dela. Tem evitado trepar comigo, sempre está com dor de cabeça, menstruada ou com inflamação no útero.

Eu ando cabreiro. Ela está sempre depilada, calcinha nova e perfume dentro da bolsa. Será que, de dono, virei sócio?

Sou José Carlos A. Monteiro, 67 anos, servidor público federal.

Querido, Carlos

Tem boi na linha, mano.

Vê só: se tua namorada anda negando fogo, mas desfilando de calcinha nova e com a xereca raspada, coisa boa ela não anda aprontando, já te alerto.

Agora, vamos combinar, né? Quarenta anos te separam da mulher, cara. Tu achas que ainda tem sangue nas veias pra bombear esse pau velho? A mulher tá no auge, deve ter aprendido a gozar um dia desses, imgina o vulcão no meio dessa vagina.

A decisão é tua. Ou continua a levar chifre, mas feliz por desfilar com a franguinha e fazer inveja pros teus amigos, ou deixa a biscate e procura uma vovó professora aposentada numa dessas serestas da cidade.

Continuar lendo
423 Acessos
Tia Lyka

Pau “drobado”

Olá, meus amores!

Como vão de arraiá? Aposto meu grelo que, se fizesse uma pesquisa em Boa Vista, ganharíamos como povo que mais gosta de bagaceira; segundo lugar, seria em fudelança – faz sentindo, né?

Mas também, é arraiá pipocando pra tudo quanto é lado. Eu acho é bom, chego com a bolsinha cheia em casa, além de comer horrores nessas festas. Tô parecendo uma pamonha de tanto milho que já empurrei pra dentro.

Falando em empurrar, lembrei de msg que leitor me mandou por Whatsra. Vejam o sofrimento do pobre:

Tia Lyka,

Tenho 62 anos e namoro uma mulher de 40. Meu pênis não fica duro como quando eu tinha 20. Por problemas cardíacos, não posso usar vasodilatadores.

O que faço pra penetrar minha parceira e dar-lhe prazer?

José Leotávio A. Monteiro, autônomo.

Querido José,

Mete “drobado”, lá dentro o bicho se ajeita.

Brincadeirinha.

Esse papo de pau mole, sempre me dá trabalho. Pra você ter uma ideia como o assunto é delicado, a clientes com disfunção erétil (é brocha, tá!), estou dando um tratamento diferenciado: massagem tântrica, mantra para conseguir dinheiro inesperado, fio-terra, batida de ovo de pato, simpatia. Até surra com folhas de mari mari estou usando.

Agora, vocês também não se emendam, né? Pegar vaca nova sem ter capim no pasto, dá nisso! Mulher de 40 – saibam – está saindo faísca pelas ventas. Estão doidas pra trepar, já sabem sua posição peferida, como atingir orgasmo, ponto G, ter gêmeos, menino com olho azul. São profissa, mermão! Quando entram no play é pra jogar.

Aí o cabrinha fica brincando de encher o “boneco”. Não acompanha.
Pra ti, que é cardíaco, só vejo uma solução: compra uma rola de “prástico”- as de motorzinho são as melhores (prazer em 4G) – e leva pro cambate, guerreiro. Quem sabe, teu pau vendo outro tinindo e ainda fazendo barulho não se anime.

Aviso: não vale ficar com inveja e enfiar o pau no rabo.

Continuar lendo
555 Acessos
Tia Lyka

Dar o furico vicia

Olá, gente bonita!

Vocês nem notaram meu cabelinho encarnado, né? Pintei pra despistar umas quengas que andam querendo levar fama com meu nome. Qualquer hora, arranco essa verruga. Homens reclamam de cócegas na bunda.
Vamos falar de cu alheio?

Vejam o que a servidora pública (federal) Jocicléia Matias C. Picanço, 35 anos, quer saber:

Tia Lyka,
Há tempos, estou para lhe perguntar: dar o cu vicia?

Querida Jô Picanço,

Não sei. Experimenta: dá o teu e depois me conta.
Falando dos vera: não só vicia como arranca as pregas se não der direito.

O truque é ter sempre à mão um lubrificante à base de água. Cuspe é o mais barato. E eficaz. Antes da penetração, também é bom brincar de Chacrinha: “Roda, roda, roda a fita”. Lembra dos dedinhos das chacretes?

Eu tenho uma miga que adora dar o fiofó. Último namorado terminou porque não agentava mais traçar furico. Todo dia, enjoa. Nhã!
Roscofe, minha nega, é iguaria especial e só deve ser oferecido em ocasiões especiais: aniversário, Dia dos Namorados, Natal, Ano Novo. Tem mulher que se empolga tanto que se esquece que tem perereca.

Além do que, “esses pessoal” que gostam de dar a rodela sabem bem o trabalho que dá pra deixar a área da fossa limpa. Duchinha, limão, dieta de suco verde, Luftal e por aí vai. Comer feijoada? Nem pensar. Se você souber usar bem o rabicó, não vai faltar roupa nova e geladeira cheia em casa. É só saber a hora certa de oferecer pro boy magia. E se o gato estiver ciscando em terreiro alheio é só ameaçar que vai tirar a bundinha da cesta básica. Ele enlouquece.

Agora, se você está com medo de ficar viciada, me passa o endereço do bofe que eu empresto o meu de vez em quando.

Ui!

Continuar lendo
2983 Acessos
Tia Lyka

Pau pequeno em buraco grande

Olá, pessoal!

Doidinha de vontade pra falar sacanagem gostosa, aí me vem um leitor me pedir receita pra pau pequeno, pode?

Pau pequeno, pra mim, é que nem churrasquinho de dois reais. Você come, come e não enche o bucho. Mas deixa pra lá, tia Lyka também é inclusão social, vamos ajudar o deficiente.

Olha a situação do rapaz:

Tia Lyka,

Tenho pau pequeno, 11 centímetros. Arrumei uma paquera no pagode e, no rala e rola, ao passar a mão na peladinha dela, tomei um susto. Pensei que ela tinha escondido o Fofão debaixo das pernas.

Se a demônia demorasse a nascer mais um pouquinho, ia ser que nem armário de pobre: só barata. Fiquei até com medo de ir adiante e não dar conta com pau desse tamanho. O que faço?

José Raimundo Rodrigues M. de Jesus, cearense, açougueiro, 38 anos.

Querido JotaErre,

Até eu fiquei com medo dessa buceta!

Fofinho, vou ser sincera: não dá pra fazer muita coisa com um pau pequeno desse. Mas não se desanime, auto estima é tudo. Às vezes, esses bucetões só tem cara de bicho papão. Quando você começa a tirar as dobras, sobra só um buraquinho.

O que vai fazer você pôr medo nela é entrar guloso. Primeira coisa: cair de boca. Deixa os grandes lábios e seus irmãos siameses tomarem conta dessa cara de tigela. Importante é deixar sua parceira bem assanhadinha para receber seu toquinho de amarrar osga.

Mas não deixe, de forma alguma, ela pegar no seu “tiquin” pra pôr “padentro”. Capaz de brochar na hora. Segure-o com as duas mãos e sinta-se o Alexande Frota no filme “As Brasileirinhas”, ponha-a de quatro (essa posição faz seu pau crescer uns dois centímetros) e solte o mantra do pau pequeno:

- Mô, te aguenta que vou meter com tuuuudo!

Ui!

Continuar lendo
533 Acessos
Tia Lyka

Dica pra emprestar o redondo

Olá, pessoal!

Animadinhos para mais uma dica de Tia Lyka? Tirem os meninos da sala, pois vamos falar de cu alheio.

E quem traz o assunto à tona, é a professora Talita C. e A. Braga, 23 anos:

Tia Lyka,
Admiro muito tua sinceridade e sabedoria, além de escreveres melhor do que muitos jornalistas por aí. Seguinte: uma amiga me disse que sexo anal é só uma questão de costume, que com o tempo fica gostoso. A senhora acha que devo seguir com o conselho? Já tentei 6 vezes e foi horrível, mesmo estando toda limpa e cheirosa, usando lubrificante. Me ajude!

Querida, Talita CeA

Cuidado com esse sobrenome, Ana Paula Valadão vai te dar uma surra de harpa. Tá repreendido!

Seguinte: você sabe que eu sou muito sincera, não gosto de mentir.

Então, não vou te esconder a verdade. Dói, querida! É a mesma sensação de estar cagando pra dentro. Parece que teus olhos vão sair da caixa.

Mas, hoje em dia, está bem melhor do que no meu tempo, quando a única opção era passar cuspe. Agora, tem lubrificante à base d´água, tem até anestesia, pode?! Mas fique atenta: as pomadas anestésicas não são indicadas pelos médicos porque tiram a sensibilidade do ânus e, com a penetração, pode romper pregas.

Depois, quando sentir do fechamento será tarde. Não sabem a falta que elas fazem quando se está diante de um engarrafamento na Bola do Centro Cívico. Vontade de correr pro Palácio dos Campos e dar uma cagada ligeira.

Eu suo frio só de pensar. Então, vamos às alternativas mais simples?
Peça ao parceiro pra começar com o dedo - o mindinho, se você tiver o cu infantil. Encorajada com o dedo do boy magia, é hora de trocá-lo pela marreta de fogo. A melhor posição para iniciante é de “ladinho”.

A vontade é de correr pro banheiro pensando que vai cagar um cupuaçu.

Relaxa, o pior está por vir! Nunca ouviu dizer que “pica não tem ombro”?

Ui!

 

Continuar lendo
430 Acessos
Tia Lyka

As preferidas dos machos

Oi, gentêê!!

Tô gostando da interação de vocês aqui na coluna. Quando não me xingam pro Barão, querem comer meu rabo ensopado. Ora, saibam as senhoras (só mulher que me esculhamba; será por que, hein?) que daqui, não saio.
Pra mostrar que sou boazinha, trago assunto que interessa a todas, suas horrorosas.Que o diga Maricélia Gutierrez C. Maranhão, 36 anos.

Tia Lyka,
Comecei um namoro e estou querendo aprender posições novas. Como sou muito tímida e tenho pouca experiência, preciso de sua ajuda: quais posições mais agradam os homens?

Querida Maricélia,

Dúvida: esse teu sobrenome não tem nada a ver com o deputado da anulação, né?

Gosto de novinhas que adoram trepar, mas não entendem do riscado. São mais obedientes.

Claro que há muitas dicas para deixar homem enfeitiçado. É muito fácil: basta não sonegar periquita. Se tem uma coisa que deixa os homens estressados e com o pau doendo é mulher que marca dia e hora pra trepar.

Conhecer posições que eles preferem também ajuda bastante. Aqui estão quatro delas que vão deixar teu boy “doidin doidin” pela tua pepeca. 1. Por cima – Eles adoram ver você cavalgar. Mesmo que não goze, dá uns gemidos que o pau dele cresce uns dois centímetros;

2. Por cima e de costas – Essa é pra glorificar igreja. A visão da bunda da parceira e o domínio nos movimentos dão ao homem um prazer inenarrável. Melhor do que quibe de arroz;

3. De quatro – Eles gostam mais do que clássico com Vasco e Flamengo. Além da visão extraordinária da bunda da mulher, homens vibram quando se sentem dominadores. Pra animar, inclina bem a coluna e deixa o bumbum mais empinadinho;

4. 69 – Nessa, eu sempre me engasgo com os ovos. Os homens adoram porque podem chupar e serem chupados simultaneamente. Lava bem o rabo quando for fazer.

Se você praticar essas posições, saiba que seu namorado não vai querer outra coisa. A não ser que alguém o convide para comer uma tartaruga. Tem gente que só sai de buceta pra comer quelônio.

Ui!
Jornal Roraima Agora

 

Continuar lendo
467 Acessos
Tia Lyka

Sexo depois dos 80

Olá, queridos!

Muita gente sofre só de pensar em chegar à terceira idade. A maioria acredita que, ter 60 anos ou mais é deixar de trepar, cagar e limpar o cu sozinho. As mulheres sofrem com medo de cair tudo, até o pinguelo.

Nada disso, gente! Olha a Suzana Vieira, aos73 anos, pegando novinho direto na balada. E o Stênio Garcia, com 83, fazendo nudes com a mulher. Leiam, abaixo, o depoimento da Alexianne Medeiros S. Araújo, 31 anos:

Tia Lyka

Meu namorado tem 81 anos e, pasmem, ainda dá no couro. Com ele, senti meu primeiro orgasmo, tem experiência e sabe tocar no ponto certo. Minha preocupação é que pra ele ficar de pimba dura só tomando a “azulzinha”.

Ele é cardíaco, tenho medo que a qualquer hora, morra em cima de mim.

Me ajude!

Querida, Alexianne (onde tua mãe achou esse nome, criatura?)

Se for pra morrer, que seja em cima de você, né, fia?!

Agora, cá pra nós: meio século separam vocês, hein? Você vai matar esse velho de qualquer jeito, minha filha. Manera. Eu sei que gozar é bom, mas ficar viúva antes dos 40 dá azar. A não ser que o velho tenha posses.

Olha só: juro que passei dois dias estudando seu caso. Encontrar outra saída que não seja a “azulzinha” tá mais difícil que achar o esconderijo do Neudo. Mas a mamãe aqui sempre dá um jeito.

Pensando bem, velhos têm preguiça de fuder. Quando encontram uma menina nova, eles se assanham, num instante, estufam o peito, parecem galo de briga, é por isso, que querem estar com a rola tinindo.

Uma saída pra não sacrificar a rola velha é usar as habiidades das mãozinhas engelhadas para uma massagem tântrica? Não sabe o que é? Caça no Google. Põe o octagenário pra massagear essa perereca até ela implodir de tanto prazer.

Vai sentir vontade de dar uma metida, claro! Quando isso acontecer, tenha em casa uma piroca de borracha, daquelas que amarram na cintura – nesses motéis é só o que tem. Amarra na cintura do velho e grita: seguuura peão.

Não se esquece de escondê-la no cofre, após o uso. Velho é bicho astucioso.

Fui! 

Continuar lendo
614 Acessos
Tia Lyka

Bulindo na rodela

Olá, pessoas do bem!

Eu sei que o tema já foi tratado aqui, mas, como as dúvidas persistem, vamos falar de novo no assunto, pois não quero meus leitores deixando de dar (e sentir) prazer por medo de uma linguada.

Vamos direto ao ponto. Todo mundo gosta, mas a maioria evita falar no assunto, pricipalmente os homens que morrem de medo de virar viado só porque curtiram uma linguada no rabo. Não é bem assim. Eu adoro beijos na bundinha e você?

Quem também parece gostar é o Osvaldo Paraíba da S. Santos, 57 anos, servidor público. Nessa idade, ele está com medo de queimar a rosca, pode? Espiem a dúvida do cearense:

Tia Lyka

Depois de viúvo virei festeiro. Em serestas, sou famoso entre as mulheres - modéstia à parte, sou um verdadeiro “pé de valsa”. Essa minha habilidade me ajuda na conquista da mulherada.

Noutro dia, conheci uma quarentona que me virou do avesso. Boa de cama, ela fez de tudo comigo. Numa hora, senti a língua dela deslizar no meu fiofó. Gostei e quero repetir. Será que sou gay?

Meu menino!

Não precisa ter medo. Uma linguada assim, de surpresa, faz qualquer caboco endoidar. O danado é que isso vicia. Um cliente aqui da casa foi pego de surpresa como você e, hoje, chora se se a gente não der uma raspadinha no brioco dele.

Você não tem porque se preocupar. Se você gostou e não sente tesão por homem, fique tranquilo que você não é gay. Importante é ter prazer. Seja lá como for.

Fui!

Continuar lendo
468 Acessos
Tia Lyka

Priquito cheiroso

Olá, queridíssimos!

Vamos esquentar o dia falando sacanagem? É, porque quem acessa Tia Lyka achando que vai encontrar versículos da Bíblia tá muito enganado.

Aqui o papo é mais embaixo. E por ser expert nessa área, eu trago pras meninas uma assunto que sempre fede, mas quase não falado em rodas de conversa. Isso mesmo! Quem nunca passou a mão no priquito e sentiu aquele cheirinho? Vejam o que Maria Olentina G. de Assis, 42 anos, quer saber.

Tia Lyka

Sempre tenho cuidado de andar limpinha. Lavo bem as partes íntimas, uso absorvente diário pra não ficar resquício de xixi na vagina, mas minha xereca está sempre com forte cheiro, a ponto de eu me incomodar na hora da transa. Tem algum remédio ou perfume que eu possa usar pra ficar com a perseguida cheirosa?

Querida Olentina

Não sou ginecoligista; logo, não posso receitar remédios. Quer que o CRM feche esse puteiro, sua doida?!
Pra começar, pare de usar aborvente íntimo diário. A perereca tem que respirar, fofa! Ela não pode passar o dia num lugar escuro, abafado. Aí, que vai feder mais. E olha: homens não suportam buceta fedida.
A boa higiene é fundamental pra uma trepada com vale tudo. Por isso, anota aí, ordinária:

Compra um sabonete íntimo lá na Farmavita. Durante o banho, abre a bicha, deixa a água correr em cima, põe sabonete na mão e começa a lavar as dobrinhas do priquito. Junta os dois dedos (indicador e maior de todos) e começa a fazer movimentos de vai e vem nos pequenos lábios (não vai gozar, sua louca).

É essa área que acumula aquele sebinho que dá o fedido na queca. Homem também tem sebinho, só que eles esfolam a cabeça da rola e fica mais fácil de limpar. Depois do banho, enxuga a perereca direitinho. Com ela bem cuidada, bota uma calcinha limpa e já pode sair despreocupada.
Sabontes íntimos funcionam como Cepacol de perereca. Não pode deixar de usar nunca mais, entendeu? Seu parceiro vai adorar o novo cheirinho e vai cair de boca com gosto.

Agora, se continuar fedendo, corre pro ginecoligista antes que as beiradas caiam na rua.

Fui!

Continuar lendo
2154 Acessos
Tia Lyka

Grelo duro

Olá, gente do bem!

Sentiram minha falta? Nem sabem: na Páscoa, eu enfiei a cara nos ovos. Literalmente.Adooooro!

Vixe, nem vou poder contar minhas sacanagens pra vocês hoje. Tenho uma pergunta daquelas e o Barão (mão de vaca) só me dá 400 palavras neste espaço, pode? Mas o tema é bom, vai deixar muito homem de orelha em pé. Vejam.

Continuar lendo
2499 Acessos
Tia Lyka

Cunilíngua e felação

Olá, meu povo

Adoro começar a semana falando de sexo com vocês. Aliás, todo dia pra mim é dia de meter, concordam? Mesmo quando tô com preguiça, eu dou umazinha só pra dormir mais gostoso.

­­Hoje, vou direto ao ponto, pois o assunto é de arrancar os cabelos da bunda. Olha o que essa diaba tá querendo aprender a fazer:

Continuar lendo
1855 Acessos
Top